Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Embaixada russa insta EUA a interromperem 'campanha de desinformação em curso'

© AP Photo / Carolyn KasterEm Washington, a bandeira da Rússia é vista diante do prédio da embaixada russa na capital dos Estados Unidos, em 15 de abril de 2021
Em Washington, a bandeira da Rússia é vista diante do prédio da embaixada russa na capital dos Estados Unidos, em 15 de abril de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 17.03.2022
Nos siga noTelegram
Moscou instou Washington a interromper a campanha de "informações falsas" e a promover uma leitura objetiva dos fatos na Ucrânia, disse a Embaixada da Rússia nos EUA, ao comentar publicações na mídia americana sobre suposto ataque aéreo russo a um teatro em Mariupol.

"Chamamos a atenção para a campanha de desinformação em curso na mídia americana sobre o que está acontecendo na Ucrânia. Outro exemplo foi a fakenews que circulou na imprensa local sobre o suposto envolvimento das Forças Armadas russas no ataque ao teatro de Mariupol. Pedimos que vocês parem de mentir e se envolvam na cobertura objetiva dos eventos na Ucrânia", pediu a embaixada russa, nesta quinta-feira (17).

A embaixada sugeriu ainda que aqueles que estão "realmente interessados ​​em informações verdadeiras" sobre a Ucrânia devem buscar dados dos ministérios das Relações Exteriores e da Defesa da Rússia e da Embaixada russa em Washington.
Mais cedo, o Ministério da Defesa russo disse que as acusações do governo de Kiev de que a Rússia teria realizado um ataque aéreo a um teatro em Mariupol, onde civis poderiam ser mantidos reféns, não são verdadeiras. Segundo o órgão, as aeronaves russas não realizaram nenhum ataque em terra.
O ministério explicou que já se sabia, por meio dos refugiados que escaparam de Mariupol, que neonazistas do Batalhão Azov poderiam ter feito civis de reféns no teatro, usando os andares superiores como postos de tiro.
Mapa mostrando resultados correntes da operação das Forças Armadas russas na Ucrânia - Sputnik Brasil, 1920, 16.03.2022
Panorama internacional
Confira por onde Rússia, RPD e RPL já passaram na Ucrânia
Em 24 de fevereiro, a Rússia iniciou uma operação especial com o objetivo de "desmilitarizar" e "desnazificar" a Ucrânia, após pedido de ajuda das repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL) para combater ataques de tropas ucranianas.
Segundo o Ministério da Defesa russo, a missão tem como alvo apenas a infraestrutura militar da Ucrânia.
Além disso, as Forças Armadas da Rússia têm acusado militares ucranianos de usar "métodos terroristas" nos combates, como fazer civis de "escudo humano" e se alojar em construções não militares.
Pessoa segura smartphone, que exibe o logotipo do YouTube (imagem ilustrativa). - Sputnik Brasil, 1920, 11.03.2022
Sputnik Brasil tem canal derrubado pelo YouTube, mas há alternativas para vocês
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала