Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Biden anuncia US$ 800 mi em nova ajuda de segurança à Ucrânia incluindo armas antiaéreas e drones

© REUTERS / Tom BrennerO presidente dos EUA, Joe Biden, é ladeado pelo secretário de Estado Antony Blinken, pela vice-secretária de Defesa Kathleen Hicks e pelo presidente do Estado-Maior Conjunto, general Mark Milley, antes de assinar uma ordem executiva na Casa Branca em Washington, EUA, em 16 de março de 2022
O presidente dos EUA, Joe Biden, é ladeado pelo secretário de Estado Antony Blinken, pela vice-secretária de Defesa Kathleen Hicks e pelo presidente do Estado-Maior Conjunto, general Mark Milley, antes de assinar uma ordem executiva na Casa Branca em Washington, EUA, em 16 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 16.03.2022
Nos siga noTelegram
Ajuda norte-americana é ampla e englobará o envio de diversos equipamentos de defesa, como 800 sistemas antiaéreos Stinger, 2.000 mísseis antitanque Javelin, 1.000 armas leves antiblindagem, 6.000 sistemas antiblindagem AT-4, entre outros.
Nesta quarta-feira (16), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou um adicional de US$ 800 milhões (cerca de R$ 4 bilhões) em nova assistência de segurança para a Ucrânia, a qual incluirá sistemas antiaéreos e antiblindagem.
O anúncio de Biden vem depois que o presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, pediu ao Congresso estadunidense que faça mais para ajudar Kiev por conta da operação militar russa no país.

"Estou mais uma vez usando minha autoridade presidencial para ativar assistência de segurança adicional para continuar a ajudar a Ucrânia a se defender do ataque da Rússia, uma assistência adicional de US$ 800 milhões [R$ 4 bilhões]", disse Biden durante entrevista coletiva.

De acordo com a CNN, o novo pacote inclui: 800 sistemas antiaéreos Stinger, 100 drones, "mais de 20 milhões de cartuchos de munição para armas pequenas e lançadores de granadas e morteiros", 25.000 conjuntos de armaduras, 25.000 capacetes, 100 lançadores de granadas, 5.000 rifles, 1.000 pistolas, 400 metralhadoras, 400 espingardas, bem como 2.000 mísseis antitanque Javelin, 1.000 armas leves antiblindagem e 6.000 sistemas antiblindagem AT-4.
Os Estados Unidos, a OTAN e outras nações parceiras aumentaram remessas de equipamentos de defesa, ajuda econômica e humanitária para Kiev, bem como realizaram mudanças na postura da força no Leste Europeu nas últimas semanas.
De acordo com a mídia, os US$ 800 milhões em assistência à segurança vêm do enorme projeto de lei que o presidente sancionou na terça-feira (15), que inclui um total de US$ 13,6 bilhões (R$ 69,7 bilhões) em novas ajudas à Ucrânia.
Presidente dos EUA, Joe Biden, durante encontro do Conselho de Segurança Nacional sobre o desenvolvimento da situação na fronteira ucraniana, Washington, 20 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 03.03.2022
Panorama internacional
Equipe de Biden está 'mais que disposta' a correr riscos de guerra regional na Ucrânia, diz analista
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала