Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Manobras 'de grande escala' dos EUA e do Japão procuram dissuadir 'agressão de rivais e adversários'

CC BY-SA 2.0 / Marinha dos EUA / Especialista de comunicação de 2ª classe Brandon Martin / Marinheiros das Forças Armadas dos EUA e da Força de Autodefesa Marítima do Japão (imagem de arquivo)
Marinheiros das Forças Armadas dos EUA e da Força de Autodefesa Marítima do Japão (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 13.03.2022
Nos siga noTelegram
O jornal The Japan Times relata que os EUA e o Japão juntaram um total de cerca de 1.000 fuzileiros navais para conduzir exercícios navais "dentro da primeira cadeia de ilhas", que inclui ilhas disputadas pela China.
Os EUA e o Japão iniciaram no domingo (13) exercícios navais de grande escala no centro do arquipélago japonês, escreve o jornal The Japan Times.
As manobras terão a participação de cerca de 400 militares do Japão e cerca de 600 dos EUA, sendo os "primeiros de grande escala" na região do Indo-Pacífico envolvendo a 31ª Unidade Expedicionária (MEU, na sigla em inglês) do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA e a brigada anfíbia (ARDB, na sigla em inglês) da Força de Autodefesa Terrestre do Japão.
In this image released by the U.S. Navy, the aircraft carrier USS Carl Vinson, flanked by South Korean destroyers, from left, Yang Manchun and Sejong the Great, and the U.S.Navy's Wayne E. Meyer and USS Michael Murphy, transit the western Pacific Ocean Wednesday, May 3, 2017. - Sputnik Brasil, 1920, 24.01.2022
EUA e Japão realizam exercício maciço no mar das Filipinas, em meio a tensões com China (FOTO,VÍDEO)
Um dos objetivos é "dissuadir a agressão de rivais e adversários", disse a capitã Nikki Gallegos, sendo as manobras anfíbias "importantes para melhorar a interoperabilidade" mútua, de acordo com a capitã Gallegos.

"A 31ª MEU e a ARDB são duas das melhores treinadas e mais preparadas forças de resposta a crises dentro da primeira cadeia de ilhas", avaliou Gallegos, em referência à linha defensiva desenhada pela China perto de sua costa oriental, que inclui o arquipélago das ilhas Diaoyu, ou ilhas Senkaku, como são chamadas no Japão.

Assim, os exercícios, cujo fim planejado é em 25 de março, testarão as capacidades de combate terrestre, marítimo e aéreo conjuntos.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала