Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Tropas russas entram sem resistência em Melitopol, na Ucrânia, diz Ministério da Defesa da Rússia

© Sputnik / Anton VergunEm Belgorod, na Rússia, soldados russos são transportados em um blindado na fronteira com a Ucrânia, em 24 de fevereiro de 2022
Em Belgorod, na Rússia, soldados russos são transportados em um blindado na fronteira com a Ucrânia, em 24 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 25.02.2022
Nos siga noTelegram
Nesta sexta-feira (25), tropas das Forças Armadas russas entraram sem resistência na cidade de Melitopol, na Ucrânia. Segundo declaração do Ministério da Defesa da Rússia, moradores receberam os militares russos.
O comunicado do Ministério aponta que as tropas russas entraram na cidade após desembarque marítimo.

"Em 25 de fevereiro, após o desembarque marítimo perto do assentamento de Azovskoe, as tropas russas realizaram uma marcha e entraram em Melitopol sem resistência", disse a pasta. "Durante o movimento [das tropas russas] dentro da cidade, os moradores de Melitopol saudaram as tropas russas. Alguns moradores mais velhos foram às ruas com bandeiras vermelhas", acrescentou.

Com cerca de 150 mil habitantes, a cidade de Melitopol fica na porção litorânea da Ucrânia banhada pelo mar de Azov, a cerca de 170 km de Mariupol e 540 km da capital Kiev.
Além de Melitopol e Mariupol, outras cidades da costa ucraniana também têm presença de militares russos, como Kherson e Odessa - já na porção litorânea do mar Negro.
© Sputnik / Konstantin Mikhalchewski / Abrir o banco de imagensCaminhões e helicóptero das Forças Armadas da Rússia em Armyansk, no norte da Crimeia
Caminhões e helicóptero das Forças Armadas da Rússia em Armyansk, no norte da Crimeia - Sputnik Brasil, 1920, 25.02.2022
Caminhões e helicóptero das Forças Armadas da Rússia em Armyansk, no norte da Crimeia
Na madrugada da quinta-feira (24), o presidente russo, Vladimir Putin, anunciou uma operação especial militar na região de Donbass. A operação foi deflagrada após pedido de assistência militar feito pelas recém-reconhecidas repúblicas populares de Lugansk e Donetsk.

Segundo o governo russo, os ataques têm como objetivo desmilitarizar a Ucrânia e combater a presença de neonazistas no país, garantindo a segurança da região de Donbass e da Rússia.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала