- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Esquema deflagrado pela Polícia Federal descobre que 3.300 viaturas do Exército foram clonadas

© José LucenaPoliciais federais realizam nesta terça-feira, 22 de fevereiro de 2022, uma operação que apura superfaturamento na venda de ventiladores pulmonares para o governo de São Paulo durante a pandemia, 22 de fevereiro de 2022
Policiais federais realizam nesta terça-feira, 22 de fevereiro de 2022, uma operação que apura superfaturamento na venda de ventiladores pulmonares para o governo de São Paulo durante a pandemia, 22 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 25.02.2022
Nos siga noTelegram
Ambiciosa rede de clonagem de veículos contou com a participação de mais de 90 servidores do Detran. De dez mil veículos clonados, 3.300 eram do Exército.
A Operação Fiat Lux da Polícia Federal constatou um suposto esquema de clonagem de veículos no Detran envolvendo 95 servidores do órgão.
Na investigação, foi descoberto que dez mil veículos foram clonados sendo 3.300 do Exército Brasileiro. No total, as fraudes geraram um prejuízo de R$ 500 milhões.

"O veículo sai da fábrica e recebe um número de chassi, aí entra no banco de dados do Renavam [Registro Nacional de Veículos Automotores]. Contudo, quando o veículo é vendido, exportado, ou adquirido pelo Exército, por exemplo, a alimentação com dados ao Renavam é interrompida. Ou seja, os criminosos usam essa brecha para obter o número dos chassis e usam eles para 'esquentar' [legalizar] outros veículos, em alguns casos roubados", explicou o delegado da PF Elmer Coelho Vicenzi citado pela Folha de São Paulo.

Dos 95 servidores, 85 eram do estado de São Paulo e o Detran de SP afirmou ter afastado todos os servidores. Além dos profissionais, também foram inativados 20 despachantes e suspensos os serviços de uma empresa responsável por realizar laudos de vistoria para o órgão, segundo a mídia.
Ao todo, cinco pessoas foram presas até o momento e carros de luxo, dinheiro e documentos também foram apreendidos. A PF informou que o Exército ajudou a identificar as viaturas operacionais emplacadas indevidamente.
A Polícia Federal deflagrou duas operações simultâneas com o objetivo de desarticular organizações criminosas voltadas ao tráfico internacional de drogas e a lavagem de capitais, 15 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 15.02.2022
Notícias do Brasil
Com apoio da Europol e EUA, PF prende 12 pessoas em operações contra tráfico internacional de drogas
De acordo com as investigações, os suspeitos ainda faziam o abatimento ilegal dos veículos — sendo a maioria caminhonetes — e os emplacavam indevidamente.
Com isso, eles conseguiam abatimento entre R$ 30 mil e R$ 40 mil, vendendo em seguida os automóveis sem recolhimento de impostos. Sendo assim, os servidores poderão responder pelos crimes de inserção de dados falsos, financiamento fraudulento, lavagem de dinheiro e organização criminosa.
De acordo com o jornal, a Operação Fiat Lux terá continuidade para determinar a suposta participação de cada um dos investigados no esquema.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала