Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Navio de carga turco é atingido por bomba no mar Negro, diz mídia (FOTO)

© Foto / Pixabay / Free-PhotosUm navio de carga (imagem ilustrativa)
Um navio de carga (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil, 1920, 24.02.2022
Nos siga noTelegram
Esta é a terceira embarcação civil atingida por explosivos próximo à fronteira com a Ucrânia nesta quinta-feira (24). Mais cedo, dois navios russo também foram alvejados.
De acordo com reportagem do canal de televisão turco NTV, o navio chamado Jupiter navegava com a bandeira das Ilhas Marshall e foi atingido no mar Negro durante viagem de Odessa, na Ucrânia, para a Romênia.
Segundo informações da NTV, ninguém ficou ferido no incidente e a tripulação do navio não enviou mensagens de resgate. Os estragos na embarcação podem ser observados em imagens divulgadas nas redes sociais do canal turco.
Ainda não se sabe qual tipo de explosivo atingiu o navio, nem de onde teria vindo o disparo. A embarcação estava a cerca de 93 quilômetros de distância de Odessa quando foi alvejada.
Este é o terceiro relato de navio atingido nas proximidades com a fronteira ucraniana nesta quinta-feira (24). Mais cedo, dois navios de carga civis russos sofreram ataques com foguetes por parte das Forças Armadas da Ucrânia, segundo o serviço fronteiriço na região de Krasnodar, na Rússia.
Petroleiro (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 24.02.2022
Panorama internacional
Forças Armadas da Ucrânia atacam com foguetes 2 navios de carga civis no mar de Azov, diz Rússia
Na madrugada desta quinta-feira (24), o presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou que em resposta ao pedido dos líderes das repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL) e no âmbito do cumprimento dos acordos sobre amizade e cooperação, ele tomou a decisão de realizar uma operação especial militar.
O líder russo destacou que a ocupação do território ucraniano não está nos planos de Moscou. Segundo informou o Ministério da Defesa da Rússia, as armas de alta precisão russas estão destruindo infraestruturas militares da Ucrânia, bases aéreas, aviação e meios de defesa aérea. Não estão sendo realizados ataques contra cidades ucranianas e não há ameaça para a população civil.
Putin também informou que a responsabilidade sobre o possível derramamento de sangue será completamente do regime do território ucraniano.
Países do Ocidente condenam as ações da Rússia e prometem responder enviando "sanções severas" em adição às já anunciadas no início da semana.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала