Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Maior navio de guerra da Austrália sofre falha de energia após missão humanitária em Tonga

© REUTERS / Departamento de Defesa da Austrália / HandoutNavio doca de helicópteros HMAS Adelaide em Brisbane, Austrália, 19 de janeiro de 2022
Navio doca de helicópteros HMAS Adelaide em Brisbane, Austrália, 19 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 31.01.2022
Nos siga noTelegram
Mídia reportou problemas com o navio doca de helicópteros HMAS Adelaide da Austrália, que fornecia provisões humanitárias a Tonga, país abalado por uma recente erupção vulcânica.
O HMAS Adelaide, navio doca de helicópteros da Marinha da Austrália, ficou paralisado por uma grande falha de energia após completar uma missão humanitária em Tonga, país devastado há pouco tempo por uma erupção vulcânica e tsunami, relatou na segunda-feira (31) a emissora ABC News na Austrália.
"O Departamento Técnico Marítimo trabalhou durante os últimos dias para restabelecer a energia e nos tornar operacionais novamente. Ainda estamos tendo problemas com comunicações externas, e queríamos que soubessem que todo o mundo a bordo está seguro", escreveu o capitão Stuart Waters, comandante do navio, em um e-mail à ABC News.
O navio de guerra, o maior de todos os tempos da Austrália, ficou "encalhado" por algum tempo devido a uma falha de energia, incluindo a energia de reserva, sendo essa a razão pela qual a maior parte da tripulação dormia "acima do convés", segundo a emissora, que citou fontes a bordo.
Etapas da construção e instalação das turbinas do parque eólico flutuante português Windfloat Atlantic - Sputnik Brasil, 1920, 24.10.2021
Enorme turbina eólica cai de navio e afunda no mar da Irlanda (VÍDEO)
Em 21 de janeiro, Camberra anunciou que o HMAS Adelaide seria enviado a Tonga com ajuda humanitária, que incluía água, tendas e equipamento protetivo.
O navio doca de helicópteros transportou as provisões humanitárias a Tonga e foi lhe permitido atracar apesar de um surto da COVID-19 a bordo. Marise Payne, ministra das Relações Exteriores da Austrália, disse que a entrega foi feita sem contato para evitar a transmissão do vírus.
Uma grande erupção vulcânica abalou em 15 de janeiro as ilhas Hunga Tonga-Hunga Haapai, cerca de 65 km a norte da capital tonganesa de Nukualofa. O evento precipitou um poderoso tsunami que arrancou árvores, danificou e destruiu edifícios e veículos e cobriu as ilhas com uma camada de cinzas.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала