Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

G7 e Afeganistão: Johnson diz que grupo criará 'roteiro' para Talibã; Merkel promete ajuda de 100 mi

© AP Photo / John MacDougallA chanceler alemã, Angela Merkel, dá uma entrevista coletiva após uma cúpula virtual do G7 sobre a crise desencadeada pelo retorno do Talibã ao poder no Afeganistão, na chancelaria em Berlim, 24 de agosto de 2021
A chanceler alemã, Angela Merkel, dá uma entrevista coletiva após uma cúpula virtual do G7 sobre a crise desencadeada pelo retorno do Talibã ao poder no Afeganistão, na chancelaria em Berlim, 24 de agosto de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 24.08.2021
Nos siga no
Após encontro dos líderes do G7, primeiro-ministro britânico e chanceler alemã fazem comentários. Segundo os mandatários, o G7 está desenvolvendo "roteiro" para lidar com o Talibã.

Nesta terça-feira (24), o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, concedeu uma breve entrevista coletiva após a cúpula virtual do G7, de acordo o The Guardian.

Johnson disse que o G7 havia acordado um "roteiro para se envolver com o Talibã" (organização terrorista proibida na Rússia e em diversos países), mas que a "condição número um em que insistimos é uma passagem segura além de 31 de agosto para aqueles que querem deixar o país".

"Não acho que ninguém vai fingir que esta é outra coisa senão uma situação muito difícil, mas isso não significa que devemos ignorar a influência que temos […]. Queremos ajudar com a crise humanitária […], mas quando se trata de engajar-se com o Talibã, o G7 tem uma grande influência. O G7 concordou com um roteiro para um futuro envolvimento com o Talibã. […] A condição número um é garantir passagem segura além do dia 31, além dessa fase inicial, para quem quer sair do país", declarou.

Johnson também falou sobre fundos que podem ser futuramente descongelados para o Afeganistão, mas que tal ação só pode acontecer se o país "não voltar a se tornar um viveiro do terror, um narcoestado" e que "as meninas precisam ser educadas até os 18 anos e assim por diante", pois "essas são coisas importantes que valorizamos no G7".

© AP Photo / Francisco SecoA presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, fala com o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, após reunião virtual do G-7 sobre a crise em curso no Afeganistão, Bruxelas, 24 de agosto
G7 e Afeganistão: Johnson diz que grupo criará 'roteiro' para Talibã; Merkel promete ajuda de 100 mi - Sputnik Brasil, 1920, 24.08.2021
A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, fala com o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, após reunião virtual do G-7 sobre a crise em curso no Afeganistão, Bruxelas, 24 de agosto

Questionado sobre conseguir persuadir o presidente norte-americano, Joe Biden, a estender o prazo, ele se esquivou. No entanto, a mídia relata que Biden concordou em preparar "planos de contingência" para tirar as pessoas fora do prazo, se necessário.

Johnson destacou que desde o dia 14 de agosto, 9.000 pessoas já foram evacuadas do país afegão.

"São cidadãos do Reino Unido no Afeganistão, mas também são aqueles que nos ajudaram nas últimas duas décadas, e é o Reino Unido, mostrando seu compromisso, mostrando sua responsabilidade para com essas pessoas", disse o primeiro-ministro.

Já a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, disse que "a conferência não resultou em novas datas" para uma evacuação após 31 de agosto. Entretanto, afirmou que Berlim está pronta para cooperar com o Paquistão e o Irã na acomodação de refugiados.

Além disso, declarou que o país germânico fornecerá ajuda imediata de € 100 milhões (R$ 616 milhões) ao Afeganistão e pode enviar futuramente mais € 500 milhões (R$ 3 bilhões).

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала