Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Brasil chega à marca de 452 mil mortes por COVID-19, segundo CONASS

© Folhapress / Antonio Molina / Zimel Press Enterro de vítima da COVID-19 no cemitério Vila Formosa, na zona leste de São Paulo
 Enterro de vítima da COVID-19 no cemitério Vila Formosa, na zona leste de São Paulo - Sputnik Brasil, 1920, 25.05.2021
Nos siga no
Com 2.173 óbitos registrados nas últimas 24 horas, o Brasil chegou ao total de 452.031 mortes relacionadas à COVID-19, informou hoje (25) o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) do país.

Com as cifras apresentadas hoje (25), o Brasil se mantém na segunda posição em número de óbitos por COVID-19 no mundo, atrás apenas dos EUA e à frente da Índia. De acordo com o levantamento da universidade norte-americana Johns Hopkins, os Estados Unidos se aproximam dos 600 mil óbitos, enquanto a Índia soma pouco mais de 300 mil mortes por COVID-19. 

Além dos óbitos registrados, o CONASS informou que foram contabilizados 73.453 novos casos de coronavírus no país, o que leva o total de infecções para 16.194.209. Em termos globais, o número do Brasil só fica atrás dos contágios nos Estados Unidos e na Índia, que possuem populações superiores a brasileira.

Segundo a agência Reuters, as informações divulgadas nesta terça-feira (25) pelo Imperial College de Londres apontam que a taxa de contágio do coronavírus no Brasil voltou a indicar uma aceleração da enfermidade.

O índice medido pela instituição britânica esta semana ficou em 1,02, o que significa que cada 100 pessoas com o vírus o transmitem para outras 102. O dado só indica que há uma diminuição nos contágios quando a taxa fica abaixo de 1, como aconteceu na semana passada, quando estava em 0,91.

Segundo o CONASS, o estado de São Paulo, o mais populoso do país, é o mais atingido pela COVID-19 e alcançou hoje as marcas de 3.210.204 casos e 108.575 mortes.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала