Exército de Israel anuncia destruição da rede de túneis do Hamas na Faixa de Gaza (VÍDEO)

© REUTERS / Mohammed SalemInterior do prédio que abrigava mídias internacionais destruído após bombardeio isralense, 15 de maio de 2021
Interior do prédio que abrigava mídias internacionais destruído após bombardeio isralense, 15 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 20.05.2021
Nos siga noTelegram
As Forças de Defesa de Israel (FDI) anunciaram a "neutralização" da rede de túneis do movimento Hamas em cinco dias de ataques aéreos contra a Faixa de Gaza.

De acordo com um vídeo publicado pelo Exército de Israel, ao longo das últimas décadas o Hamas construiu uma rede de túneis sob edifícios residenciais na Faixa de Gaza. Os túneis eram ativamente usados por combatentes do movimento para se esconderem depois dos lançamentos de foguetes contra Israel.

Os túneis logo se tornaram um complexo sistema subterrâneo que permitia aos membros do Hamas não só se esconderem, mas também armazenarem e transportarem munições e armamentos.

O Hamas passou a última década construindo a rede de túneis terroristas "Metro". Em apenas 5 dias, nós a neutralizamos.

Os militares israelenses informaram ter destruído cerca de 100 km dessa rede de túneis.

Nos últimos dias, a Força Aérea israelense realizou a terceira série de ataques contra o sistema de túneis "Metro" do movimento Hamas na Faixa de Gaza, atingindo 15 km de estruturas subterrâneas no norte do enclave.

Anteriormente os militares israelenses disseram ter bombardeado um túnel no sul de Gaza, onde supostamente se encontravam servidores e equipamento militar do Hamas. Além disso, foi destruído um túnel por baixo da praia de um hotel no norte do enclave.

Até agora, a Palestina sofreu grande parte das baixas confirmadas no conflito, reflexo da desproporção de forças, que tem chamado a atenção da comunidade internacional, inclusive no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).

No total, os ataques de Israel mataram mais de 220 palestinos, incluindo 64 crianças. Cerca de mil outras pessoas ficaram feridas.

Já do lado israelense, houve um total de 12 mortos e 50 feridos. Parte dos foguetes lançados da Faixa de Gaza conseguiu passar pelas defesas antiaéreas e atingir o território israelense, causando danos em edifícios.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала