Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Confronto com Rússia e China seria 'pesadelo' para EUA, diz jornal chinês

© Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia / Abrir o banco de imagensManobras militares das Forças Armadas da Rússia e do Exército de Libertação Popular da China Leste 2018
Manobras militares das Forças Armadas da Rússia e do Exército de Libertação Popular da China Leste 2018 - Sputnik Brasil, 1920, 09.05.2021
Nos siga no
EUA estão condenados ao fracasso se Rússia e China unirem forças em uma "luta desesperada com o inimigo", escreve jornal chinês Global Times.

O jornal observa que a nova administração dos EUA está se esforçando para pôr contra China não só a sociedade americana, mas também toda a ocidental, além de contribuir para a intensificação de focos de confronto no mundo.

"EUA esperam estabelecer uma oposição fundamental, com a qual possam criar à força um sistema internacional dominado pelos países do Ocidente, excluindo China e Rússia e mantendo a hegemonia dos EUA com as vantagens de estoque econômico e tecnológico do Ocidente. Eles esperam que este novo padrão evolua através de um conflito após o outro com China e Rússia."

No entanto, o jornal adverte que Washington está jogando um jogo estratégico com fogo e que nunca terá sucesso.

© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensTanques T-72 durante exercício militar Cáucaso 2020 em polígono no sul da Rússia
Confronto com Rússia e China seria 'pesadelo' para EUA, diz jornal chinês - Sputnik Brasil, 1920, 09.05.2021
Tanques T-72 durante exercício militar Cáucaso 2020 em polígono no sul da Rússia
"O poder combinado de China e Rússia é muito maior do que o do antigo bloco da União Soviética e do Leste Europeu. A força econômica, científica e militar de China e Rússia não é apenas enorme em escala, mas também tem implicações mais amplas para todo o mundo. Se alguém tentar ignorar este fato e pressionar China e Rússia a unirem forças em uma luta desesperada, isso deve ser o seu pesadelo", escreve jornal.

Destaca-se que tanto China como Rússia são estrategicamente restringidas. Ambos os países estão empenhados na defesa do sistema internacional com a Carta das Nações Unidas no seu cerne e a ordem mundial baseada no direito internacional. Mas se algum país quiser enfrentar China e Rússia instigado por EUA, sofrerá uma catástrofe.

O jornal chinês ainda escreve que a união estratégica sino-russa terá como primeiro alvo a hegemonia dos EUA. Outras forças não devem se deixar levar e pensar que os EUA estão sempre prontos para defendê-las.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала