Coreia do Norte continua construindo armas químicas e biológicas, diz funcionária dos EUA

© AP Photo / Hau DinhBandeiras da Coreia do Norte e EUA
Bandeiras da Coreia do Norte e EUA - Sputnik Brasil, 1920, 05.05.2021
Nos siga noTelegram
A Coreia do Norte continua construindo armas biológicas e químicas, além de suas armas de destruição em massa (ADM) tais como armas nucleares, o que representa uma ameaça séria para as forças norte-americanas e seu aliado, a Coreia do Sul, afirmou alta funcionária dos EUA.

Na terça-feira (4), Jeniffer Walsh, a vice-secretária principal de Defesa para a Defesa Interna e Segurança Global, também disse que o líder norte-coreano Kim Jong-un poderia realmente usar uma arma desse tipo em caso de conflito na península coreana, segundo a agência Yonhap.

"A busca continua da Coreia do Norte de armas nucleares, químicas e biológicas compromete a estabilidade internacional e enfraquece o regime de não-proliferação global. Estas capacidades representam uma ameaça para as forças dos EUA, aliados", disse Walsh em um comunicado apresentado ao Subcomitê da Câmara para Inteligência e Operações Especiais.

"Tendo em conta o risco que Kim Jong-un poderia pretender usar ADM no âmbito de ou para evitar um conflito na península coreana, a Força Conjunta deve estar preparada para qualquer número de contingências relacionadas a ADM requerendo que se opere em ambiente QBRN [química, biológica, radiológica e nuclearmente] contaminado", adicionou a funcionária dos EUA.

Lembrando que Pyongyang teria usado armas químicas para matar o irmão do líder norte-coreano, Kim Jong-nam, na Malásia em 2017, Walsh afirmou que a Coreia do Norte, junto com tais países como a China, Rússia e Irã, continua avançando as capacidades de armas químicas e biológicas.

Além disso, Walsh disse que os Estados Unidos e a Coreia do Sul colaboram para enfrentar qualquer tipo de ameaça norte-coreana. A funcionária disse que os dois países se reúnem anualmente no fórum bilateral sobre combate a ADM.

"Estamos trabalhando com nossos aliados da República da Coreia para garantir que estamos preparados para contingências de ADM, independentemente de qual seja a ameaça", segundo a vice-secretária norte-americana.

Walsh nomeou a China como uma das maiores fontes de materiais para armas químicas e biológicas para a Coreia do Norte e outros agentes.

"Entidades e indivíduos chineses continuam transferindo materiais sensíveis em termos de proliferação para a Coreia do Norte, Irã e outros agentes maliciosos, e a China demostrou uma aplicação pouco rigorosa dos controles das exportações internas e dos regimes de sanções multilaterais a fim de evitar essas transferências", disse Walsh.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала