Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Lesoto fornecerá maconha medicinal à União Europeia

© REUTERS / STELIOS MISINASFolhas de uma planta da linhagem de maconha aparecem em silhueta quando o sol se põe em uma plantação de cannabis medicinal
Folhas de uma planta da linhagem de maconha aparecem em silhueta quando o sol se põe em uma plantação de cannabis medicinal - Sputnik Brasil, 1920, 19.04.2021
Nos siga no
O produtor lesotiano de maconha medicinal MG Health anunciou que a empresa recebeu a confirmação do cumprimento dos padrões de boas práticas de fabricação da UE e começará a exportar seus produtos para o bloco.
"O que isso significa é que temos autorização para exportar nossos produtos como um ingrediente farmacêutico ativo para a Alemanha e para o mercado europeu em geral", disse Andre Bothma, CEO da empresa com sede no Lesoto, país situado na África Austral, em comunicado de imprensa.

A MG Health recebeu licença comercial para produzir flores de maconha medicinal e seus extratos em 2017. A autorização de exportação foi concedida pelo governo do distrito da Alta Baviera, na Alemanha.

© Foto / Pixabay / TinaKruPlanta de maconha (imagem referencial)
Lesoto fornecerá maconha medicinal à União Europeia - Sputnik Brasil, 1920, 19.04.2021
Planta de maconha (imagem referencial)

De acordo com a MG Health, a Alemanha tem um dos requisitos farmacêuticos mais rigorosos para a maconha medicinal, pois a trata "como produtos farmacêuticos e narcóticos". Para receber a permissão de exportação, as empresas precisam provar que seu processo de fabricação está de acordo com as boas práticas de fabricação (GMP, na sigla em inglês) da União Europeia (UE) — um conjunto de diretrizes que garantem a alta qualidade do produto.

"Abrindo efetivamente os mercados médicos globais para a empresa, o alinhamento com os padrões GMP dará aos médicos a certeza de que o produto que estão prescrevendo aos seus pacientes seja consistente, de alta qualidade, seguro e eficaz", afirmou a empresa.

Até agora, apenas 20 empresas em todo o mundo obtiveram o certificado de conformidade GMP que lhes permite exportar maconha medicinal como ingrediente farmacêutico ativo para a UE, finalizou a MG Health.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала