Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Governo do Chade anuncia prisão de soldados acusados de estupros no Níger

© AFP 2021 / BRAHIM ADJIMilitares do Chade desfilam pelas ruas da capital do país, N'Djamena, em 11 de dezembro de 2015
Militares do Chade desfilam pelas ruas da capital do país, N'Djamena, em 11 de dezembro de 2015 - Sputnik Brasil, 1920, 03.04.2021
Nos siga no
​O governo do Chade informou neste sábado (3) que foram detidos os militares acusados de terem cometido ao menos três estupros durante operações no Níger, inclusive contra uma criança de apenas 11 anos de idade.

Cerca de 1.200 chadianos foram enviados ao país vizinho como parte de uma missão internacional liderada pela França para combater a ação de militantes jihadistas. O Ministério das Relações Exteriores do Chade, segundo a Reuters, se posicionou sobre a polêmica dizendo que os alegados casos de assédios e ataques sexuais teriam sido incidentes isolados e não deveriam manchar a reputação do Exército Nacional.

"Os perpetradores já foram presos e sofrerão as sanções necessárias", disse a chancelaria através de um comunicado citado pela agência, que não menciona o número exato de militares detidos ou acusados.

Na última sexta-feira (2), uma comissão de direitos humanos do Níger solicitou a abertura de um inquérito independente para apurar os relatos de abusos supostamente cometidos pelos militares estrangeiros no país. 

​Evidências preliminares, baseadas em depoimentos e exames médicos, indicam que ao menos duas mulheres, incluindo uma grávida, e uma menina de 11 anos teriam sido estupradas pelos soldados.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала