Maior deslocamento e catapultas eletromagnéticas: revelado como será o 3º porta-aviões chinês

© AFP 2022 / STRPorta-aviões chinês
Porta-aviões chinês - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Espera-se que o terceiro porta-aviões da China será diferente dos dois anteriores, com deslocamento maior e catapultas eletromagnéticas, para ser lançado 2021 e entrar em serviço em 2025.

Com base em fotos recentes do local de construção do navio, blocos de porta-aviões do Type 003 estão sendo construídos em Xangai e a descrição geral do navio já é identificada, informou a revista da indústria de defesa da China, Ordnance Industry Science Technology citada pelo tabloide chinês Global Times.

Depois que todos os blocos forem colocados juntos, estruturas superiores serão instaladas, conforme o relatório. A revista destacou que como os blocos são construídos com antecedência, a montagem e equipamento demorarão muito menos tempo, se comparado à construção do segundo porta-aviões.

O estado atual indica que o porta-aviões do Type 003 seria lançado até o fim de 2021, conforme mídia.

Após o navio ser equipado com diferentes tipos de sistemas, como dispositivos de radar e sensores, serão realizados testes no mar que podem levar dois anos, o que significa que a nave poderia se juntar ao serviço naval em 2024 ou 2025, afirmou o relatório.

A emissora estatal Televisão Central da China (CCTV) também revelou que o terceiro porta-aviões chinês será apresentado em 2021.

CCTV mostrou imagens geradas por computador com algo parecido com um porta-aviões coberto por um pano vermelho e a inscrição "Esperamos em 2021".

​3º porta-aviões da China é previsto para ser lançado em 2021, reporta o Global Times.

O especialista militar chinês, Song Zhongping, disse à Global Times, que a construção dos blocos está finalizada e tudo o que resta é a conclusão da montagem no cais.

Segundo medidas feitas através das recentes fotos, Ordnance Industry Science Technology revelou que o Type 003 será maior do que o segundo porta-aviões chinês, possuindo um deslocamento de mais de 80 mil toneladas.

Espera-se que o novo porta-aviões seja equipado com catapultas eletromagnéticas que substituirão o método de saltos de esqui usados nos atuais porta-aviões da China.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала