Boris Johnson cancela visita à Índia, alegando necessidade de supervisionar resposta ao vírus

© REUTERS / Paul EllisPrimeiro-ministro britânico, Boris Johnson, segura ampola de vacina da AstraZeneca/Oxford (foto de arquivo)
Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, segura ampola de vacina da AstraZeneca/Oxford (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, cancelou uma viagem planejada à Índia no final deste mês, citando a necessidade de supervisionar a resposta à pandemia em seu país.
"O primeiro-ministro Boris Johnson falou com o premiê [Narendra] Modi esta manhã, para expressar seu pesar por não poder visitar a Índia no final deste mês como planejado", declarou nesta terça-feira (5) uma porta-voz de Downing Street, segundo publicou a Reuters.

Segundo a porta-voz, por causa do lockdown nacional anunciado na noite de segunda-feira (4) e da velocidade com que a nova variante do coronavírus está se espalhando, o primeiro-ministro britânico disse que era importante para ele permanecer no Reino Unido para que pudesse se concentrar na resposta doméstica ao vírus.

​Johnson anunciou um novo bloqueio em toda a Inglaterra após o surgimento da nova cepa do coronavírus, explicando que uma ação urgente era necessária para evitar o número crescente de casos que sobrecarrega os serviços de saúde do país.

Johnson ainda espera visitar a Índia no primeiro semestre de 2021, antes de Modi participar da Cúpula do G7 no Reino unido no final deste ano, conforme noticiado pela AFP.

© AFP 2022 / Daniel Leal-OlivasPrimeiro-ministro britânico, Boris Johnson, junto de sua residência oficial em Londres
Boris Johnson cancela visita à Índia, alegando necessidade de supervisionar resposta ao vírus - Sputnik Brasil
Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, junto de sua residência oficial em Londres

O premiê britânico era um dos convidados para as celebrações anuais do Dia da República na Índia, em 26 de janeiro, logo depois de o Reino Unido ter deixado o mercado único da União Europeia (UE). O país busca novos acordos comerciais em todo o mundo, especialmente na Ásia, continente que está em rápido crescimento.

Ao anunciar a viagem no mês passado, Johnson disse que a visita apresentaria o "Reino Unido global" e ajudaria a dar um "salto quântico" nas relações do seu país com a Índia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала