Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Morre 1ª pessoa em Israel reinfectada pela nova cepa do coronavírus

© AP Photo / Maya AlleruzzoMédicos atendem um homem idoso na unidade de cuidados intensivos de coronavírus, que foi construída em uma garagem subterrânea no Sheba Medical Center, em Ramat Gan, Israel.
Médicos atendem um homem idoso na unidade de cuidados intensivos de coronavírus, que foi construída em uma garagem subterrânea no Sheba Medical Center, em Ramat Gan, Israel.  - Sputnik Brasil
Nos siga no
Testes realizados no maior hospital de Israel, o Sheba Medical Center, revelaram que um homem de 74 anos que foi diagnosticado com COVID-19 no mês passado morreu de reinfecção de uma cepa diferente do coronavírus.

O homem foi um dos poucos casos confirmados de reinfecção de COVID-19 em Israel, sendo a primeira vez no país que isso causou a morte de um paciente.

"Não sei a frequência desses casos", disse a professora Galia Rahav, chefe da Unidade de Doenças Infecciosas e Laboratórios de Sheba.

"Não há dúvidas de que o homem foi infectado duas vezes e se recuperou da primeira infecção. Parece que ele foi atingido por dois vírus diferentes", disse Rahav, citada pelo portal Ynet.

Depois de ser declarado curado do coronavírus pela primeira vez, o homem foi levado de volta ao centro de cuidados geriátricos na região onde morava, enquanto outros dois exames de coronavírus deram negativos. Mas após um novo surto de COVID-19 ter sido detectado na residência, o homem foi testado mais uma vez e deu positivo.

© AP Photo / Oded BaliltyIsraelense preocupado com a COVID-19 ostenta uma bandeira do país em Tel Aviv
Morre 1ª pessoa em Israel reinfectada pela nova cepa do coronavírus - Sputnik Brasil
Israelense preocupado com a COVID-19 ostenta uma bandeira do país em Tel Aviv

Ele foi hospitalizado no Sheba Medical Center com problemas respiratórios e os exames realizados pelo hospital confirmaram que ele havia sido infectado novamente, e faleceu no final de novembro.

Cinco cepas principais de coronavírus foram identificadas até agora, e os testes genéticos do hospital revelaram que a segunda infecção era de uma cepa diferente.

"É muito preocupante que uma pessoa possa ser infectada pela segunda vez enquanto o vírus está em mutação", acrescentou Rahav.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала