13:00 21 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Coronavírus no mundo em meados de dezembro (87)
    0 40
    Nos siga no

    As autoridades holandesas anunciaram neste domingo (20) que o país não receberá voos do Reino Unido até 1º de janeiro devido à disseminação de uma nova variante do coronavírus SARS-CoV-2 no país.

    Além da proibição dos voos, o governo holandês afirmou em um comunicado que a análise de um caso de COVID-19 detectado "no início de dezembro" no país indicou que o mesmo está relacionado à nova cepa do vírus SARS-CoV-2 descoberta no Reino Unido. Segundo as autoridades dos Países Baixos, o caso "está sendo investigado".

    "A proibição de voos de passageiros do Reino Unido entra em vigor às 6h locais [2h em Brasília] de 20 de dezembro. A proibição vigorará até 1º de janeiro de 2021, o mais tardar", anunciou o governo holandês na nota.

    À espera de mais detalhes relacionados à situação no Reino Unido, o governo holandês decidiu proibir os voos de passageiros vindos do Reino Unido a partir das 6h [locais, 2h em Brasília] de 20 de dezembro. A proibição ficará em vigor até 1º de janeiro, o mais tardar.

    Neste sábado (19), as autoridades sanitárias do Reino Unido confirmaram a presença no país de uma nova cepa do SARS-CoV-2, que se espalha mais rapidamente. Segundo as estimativas iniciais, a nova vertente do vírus pode ser 70% mais contagiosa, mas nada indica até o momento que ela seja mais letal ou provoque mais internações.

    Diante dessa situação, o primeiro-ministro britânico Boris Johnson anunciou um aumento drástico das restrições contra a COVID-19 no sudeste da Inglaterra, incluindo a região metropolitana de Londres.

    A decisão inclui o cancelamento do alívio às medidas restritivas previamente anunciado para as festas de fim de ano, uma opção que o premiê conservador tinha se recusado a implementar esta semana porque, segundo ele, "seria desumano".

    Johnson anunciou que as restrições na Inglaterra agora estão no nível 4, que, na prática, é equivalente ao confinamento domiciliar. O aumento entrará em vigor neste domingo, 20 de dezembro, nas regiões mais afetadas pelo vírus.

    Além disso, as isenções para viagens e reuniões sociais que deveriam vigorar entre os dias 23 e 27 de dezembro em todo o Reino Unido foram canceladas.

    Tema:
    Coronavírus no mundo em meados de dezembro (87)

    Mais:

    Presidente da Comissão Europeia diz que países vão começar a vacinar contra COVID-19 'no mesmo dia'
    Reino Unido emite alerta após 2 pessoas sofrerem reação alérgica à vacina da Pfizer
    Reino Unido identifica nova cepa do coronavírus que se multiplica mais rapidamente
    Tags:
    COVID-19, aeroporto, Reino Unido, Países Baixos, Holanda
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar