Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Cidade norte-americana ganha título de 'mais infestada por ratos' pelo 6º ano consecutivo

© AP Photo / Gerald HerbertRoedor próximo de dispositivo com isca venenosa em Nova Orleans, EUA
Roedor próximo de dispositivo com isca venenosa em Nova Orleans, EUA - Sputnik Brasil
Nos siga no
Chicago é seguida por Los Angeles, Nova York, Washington e San Francisco no ranking das regiões metropolitanas com mais roedores.

A empresa de controle de pragas Orkin divulgou nesta semana a lista atualizada das cidades norte-americanas mais infestadas por ratos. Chicago, em Illinois, ficou em primeiro lugar pelo sexto ano consecutivo.

A Orkin classificou as cidades dos EUA com base no número de novos tratamentos para roedores de 1º de setembro de 2019 a 31 de agosto de 2020. Foram considerados tanto tratamentos residenciais como comerciais.

Os esforços para domar a população de ratos nas grandes metrópoles vêm acontecendo há anos. A guerra contra os roedores em Chicago, por exemplo, aumentou com a introdução de uma nova força-tarefa contra ratos em 2016. Os residentes até começaram a adotar gatos para esmagar seus números, afirma a emissora CNN.

© flickr.com / HajeeVeículo da Polícia de Chicago (arquivo)
Cidade norte-americana ganha título de 'mais infestada por ratos' pelo 6º ano consecutivo - Sputnik Brasil
Veículo da Polícia de Chicago (arquivo)

Pandemia e ratos

"Os roedores são especialistas em farejar comida e abrigo e são resistentes em suas maneiras de obter os dois […] As propriedades residenciais oferecem o habitat ideal para os roedores e, uma vez instalados, são capazes de se reproduzir rapidamente e em grandes quantidades, comenta Ben Hottel, entomologista da Orkin, em comunicado.

Com os lockdowns, a disponibilidade de alimentos para roedores caiu drasticamente, especialmente em áreas comerciais densas. "Algumas jurisdições relataram um aumento na atividade de roedores à medida que os roedores procuram novas fontes de alimento", lê-se no site do Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, que tem uma página dedicada ao controle de roedores.

Por fim, a Orkin salienta que a atividade dos ratos "vai continuar aumentando" próximo das residências, uma vez que que os roedores vão começam a procurar abrigo quente para se protegerem do frio durante o inverno norte-americano.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала