Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Hungria voltará a fechar fronteiras por medo do novo coronavírus

© REUTERS / Laszlo Balogh Migrantes sérvios tentam atravessar ilegalmente a fronteira com a Hungria perto da cidade de Roszke, em 26 de agosto de 2015
Migrantes sérvios tentam atravessar ilegalmente a fronteira com a Hungria perto da cidade de Roszke, em  26 de agosto de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Hungria fechará suas fronteiras para cidadãos estrangeiros a partir de 1º de setembro, a fim de conter o aumento nas infecções pelo novo coronavírus no país.

O anúncio foi feito pelo gabinete do primeiro-ministro Viktor Orban nesta sexta-feira (28). Segundo o comunicado, citado pela Reuters, os húngaros que estiverem no exterior e desejarem retornar ao país terão que obedecer a um regime de quarentena com duração de duas semanas.

Para deixar a quarentena, de acordo com explicações do chefe de gabinete de Orban, Gergely Gulyas, será necessário apresentar dois testes de COVID-19 com resultados negativos

​"O número de infecções aumentou. E a maioria delas teve origem no exterior", disse o funcionário do governo em coletiva de imprensa, segundo a agência, acrescentando que as restrições são necessárias para permitir o início do período escolar na próxima semana, proteger os cidadãos e a economia do país.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала