Cientistas capturam em vídeo explosão de imenso buraco negro (VÍDEO)

© Foto / Pixabay / skeezeConcepção artística de buraco negro supermassivo
Concepção artística de buraco negro supermassivo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Com uma massa que excede oito vezes a do Sol, o buraco negro e sua estrela acompanhante estão localizados a cerca de 10.000 anos-luz da Terra.

O telescópio espacial de raios-X Chandra captou a explosão de um buraco negro emitindo material incandescente para o espaço, mas sua forte gravidade arrastou até mesmo sua estrela companheira para um disco de raios X ao seu redor.

Nas gravações obtidas, parte do gás quente no disco cruza o horizonte de eventos, o ponto de não retorno, sendo consumido pelo buraco negro, enquanto outra parte do gás é ejetada em jatos desde seu interior em direções opostas, ao longo das linhas do campo magnético, informa a NASA.

Imagens captadas pelo Observatório de Raios X Chandra mostram a atividade (rápida) do sistema binário MAXI J1820+070: um buraco negro de 8 massas solares que rouba material de sua companheira, 16 vezes mais leve

Os pesquisadores estimam que massa ejetada do buraco negro corresponda a cerca de 500 milhões de vezes a massa do Empire State Building.

Apenas dois outros exemplos de tais ejeções de alta velocidade a partir de buracos negros de massa estelar foram vistos em raios X.

O buraco negro e sua estrela companheira formam um sistema chamado MAXI J1820+070, que está localizado a cerca de 10.000 anos-luz da Terra. A massa do buraco é cerca de oito vezes a do Sol, enquanto a estrela que a orbita tem quase metade da massa da nossa estrela.

Os resultados das observações foram publicados em 29 de maio pela Universidade de Cornell (EUA).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала