Itália registra número mínimo de mortes por COVID-19 desde início da quarentena

© REUTERS / Antonio ParrinelloHomem usando máscara facial protetora coloca flores em um túmulo no cemitério de Catânia, que reabriu hoje, quando a Itália inicia um desconfinamento gradual em meio à propagação da doença do coronavírus (COVID-19), Itália, 5 de maio de 2020
Homem usando máscara facial protetora coloca flores em um túmulo no cemitério de Catânia, que reabriu hoje, quando a Itália inicia um desconfinamento gradual em meio à propagação da doença do coronavírus (COVID-19), Itália, 5 de maio de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Itália registrou 153 mortes pelo coronavírus em um dia, o número mais baixo desde que as medidas restritivas foram introduzidas no país.

Segundo os dados divulgados neste sábado (16) pelo Departamento de Proteção Civil, o total de mortes por coronavírus na Itália já atingiu a cifra de 31.763, informou Reuters.

O maior número de mortes neste sábado foi registrado na Lombardia (39), enquanto oito das vinte regiões italianas passaram o dia sem casos letais.

Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde italianas realizaram 69.179 testes de COVID-19, detectando 875 novas infecções.

Lombardia registrou 399 infecções; Piemonte, 137; Emilia Romagna, 72; Ligúria, 51; Veneto, 39; Lazio, 32; e Toscana, 30.

Os 775 doentes em estado grave estão internados em Unidades de Terapia Intensiva, 10.400 estão hospitalizados, enquanto 59.012 estão em suas casas por serem assintomáticos.

Desde o início da pandemia, 224.760 infectados com o coronavírus foram confirmados na Itália.

O número de curados aumentou para 2.605 casos, atingindo um total de 122.810.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала