EUA alertaram Israel e OTAN sobre coronavírus em novembro, relata mídia israelense

© REUTERS / Amir CohenFuncionário do porto de Ashdod, em Israel, trabalha usando máscara de proteção, em 18 de março de 2020
Funcionário do porto de Ashdod, em Israel, trabalha usando máscara de proteção, em 18 de março de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A emissora Canal 12 israelense revelou que agências de inteligência norte-americanas comunicaram a seu aliado do Oriente Médio a possibilidade de disseminação do coronavírus na região.

Os serviços de inteligência dos EUA tomaram conhecimento do surto da doença em Wuhan na segunda semana de novembro. informou o Canal 12 (Keshet 12, em hebraico). As agências de inteligência dos EUA então advertiram Israel e os países da OTAN em meados de novembro de 2019 sobre o perigo representado pelo vírus na China.

A mensagem teria sido transmitida ao Exército israelense, que informou as autoridades do país, sem que estas tenham empreendido alguma ação.

O Exército israelense estudou o alerta ainda no mesmo mês, discutindo a possibilidade de propagação do vírus através do Oriente Médio e analisando suas possíveis consequências.

De acordo com o Canal 12, os serviços de inteligência dos EUA tomaram conhecimento do surto da doença em Wuhan na segunda semana de novembro.

Na época, apenas o governo chinês e os serviços de inteligência norte-americanos estavam cientes do surto. Estes últimos informaram o presidente Donald Trump, "que não mostrou interesse" no assunto.

Anteriormente, a mídia norte-americana relatou que os serviços secretos dos EUA tomaram conhecimento do surto do coronavírus em Wuhan ainda em novembro de 2019, tendo a possibilidade de um "evento cataclísmico" sido discutida no governo federal até dezembro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала