Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Secretário de Saúde do Rio revela 2ª faixa etária com maior número de internação pela COVID-19

© Folhapress / AgifPassageiros do metrô de São Paulo usam máscaras na estação Japão-Liberdade, para se proteger e evitar a transmissão do novo coronavírus
Passageiros do metrô de São Paulo usam máscaras na estação Japão-Liberdade, para se proteger e evitar a transmissão do novo coronavírus - Sputnik Brasil
Nos siga no
O secretário estadual de Saúde do Rio de Janeiro disse que a segunda faixa etária que está sendo mais internada devido ao novo coronavírus é a de 30 a 39 anos.

"Não nos contaram tudo sobre esse vírus. A segunda faixa que mais interna é a de 30 a 39 anos de idade. Tivemos óbitos nessa faixa", afirmou Edmar Santos nesta terça-feira (31) em entrevista para o Bom Dia Rio. 

Segundo ele, o vírus está se comportando de uma maneira agressiva no Rio e no restante do país. 

"Os pacientes, quando começam a chegar ao hospital com falta de ar, rapidamente evoluem para gravidade, alguns morrendo no mesmo dia", disse. 

Na segunda-feira (30), autoridades sanitárias do Rio de Janeiro anunciaram a morte da paciente mais jovem até agora no estado, uma mulher de 32 anos. 

Isolamento estaria surtindo efeito

Apesar disso, o secretário afirmou que há sinais de que o isolamento social adotado no estado vem surtindo efeito, pois as curvas de internações e de pacientes que necessitam de UTIs está achatando. 

"Por mais que possa haver subnotificações, essa curva hoje é mais precisa do que no início. Então, a população deve comemorar ficando em casa. É um sacrifício que está valendo a pena, está salvando vidas. Se relaxar agora, a curva pode disparar de novo", explicou. 

De acordo com Santos, para cada caso confirmado deve haver 50 subnotificados. 

Brasil tem 4.579 casos

Segundo o último boletim do Ministério da Saúde, divulgado ontem, o Brasil totaliza 159 mortes e 4.579 casos confirmados da COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus. 

No Rio de Janeiro, de acordo com dados da secretaria de Saúde, há 657 casos confirmados (553 na capital e o restante divididos por 23 de 92 municípios) e 18 mortes.

Em São Paulo, estado mais atingido até agora pela epidemia, o Ministério da Saúde registrou 113 mortes e 1.517 casos.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала