Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Vilarejo suíço poderá ser evacuado por 10 anos devido a munições da 2ª Guerra Mundial

Nos siga no
Moradores do vilarejo suíço de Mitholz poderão ter que abandonar o local por mais de 10 anos após autoridades terem determinado risco de explosão de 3,5 mil toneladas de munições em depósito.

Apesar da neutralidade da Suíça durante a Segunda Guerra Mundial, o Escritório Federal para o Meio-ambiente da Suíça determinou que um depósito com 3.500 toneladas de munições da época do conflito poderia causar grandes danos no vilarejo de Mitholz, com 170 habitantes.

O local já foi palco de uma explosão de 7.000 toneladas de munições em 1947, matando nove pessoas, conforme publicou o canal Euronews.

Trabalho de remoção

Para neutralizar a ameaça, as autoridades suíças têm dois planos.

O primeiro consiste na remoção do material explosivo, o que poderá exigir o desvio de uma rodovia local e a construção de uma proteção da via férrea que passa próximo.

Já o segundo, menos desejável ao governo suíço, consiste em colocar uma grande quantidade adicional de pedras no depósito, o qual já se encontra coberto de pedras após ter se afundado no solo.

Tal plano deverá ser executado caso a remoção dos explosivos se torne "impossível".

"Dependendo de como os trabalhos decorrerem, os residentes deverão esperar que a evacuação leve mais de 10 anos", publicou a mídia a declaração do Departamento Federal da Defesa, Proteção da População e Desportos da Suíça.

Até o momento, foram instalados diversos sistemas dentro e fora do depósito para medir variações de temperatura e detectar emissões de gás e movimentos do solo, segundo o canal de TV Sky News.

A medida seria uma forma de evitar um "presente tóxico para os descendentes".

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала