Moscou insta Tallinn a cumprir obrigações internacionais em meio à pressão sobre Sputnik Estônia

© Sputnik / Aleksandr KryazhevLogo da agência de notícias Sputnik
Logo da agência de notícias Sputnik - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na opinião do diplomata russo, "a imagem da Estônia" como "exemplo da liberdade de expressão, foi seriamente prejudicada".

A situação da Sputnik Estônia, que faz parte da agência Rossiya Segodnya, continua difícil, e não vislumbra mudanças positivas, relatou o embaixador russo em Tallinn, Aleksandr Petrov.

"Não dá para se alegrar, a situação da Sputnik Estônia continua crítica, não vejo mudanças para melhor", disse o diplomata. Ele apelou à Estônia para cumprir suas obrigações internacionais em matéria de liberdade da imprensa.

"Já está claro que a imagem da Estônia, que, segundo as classificações internacionais, é um exemplo da liberdade de expressão, foi seriamente prejudicada", concluiu Petrov.

Situação da agência

Anteriormente, os funcionários da Sputnik Estônia receberam ameaças diretas de início de processos criminais contra eles se não deixassem de trabalhar com o grupo midiático internacional Rossiya Segodnya até 1º de janeiro de 2020, recebendo sanções impostas pela União Europeia em 2014 como justificação.

© Foto / Public Domain / Abrir o banco de imagensA presidente estoniana Kersti Kaljulaid durante a cerimônia de inauguração
Moscou insta Tallinn a cumprir obrigações internacionais em meio à pressão sobre Sputnik Estônia - Sputnik Brasil
A presidente estoniana Kersti Kaljulaid durante a cerimônia de inauguração

No entanto, as sanções da UE foram impostas não contra a agência de notícias, mas pessoalmente contra o diretor-geral da agência, disse Dmitry Kiselev, algo confirmado pelo ministro estoniano das Relações Exteriores, Urmas Reinsalu.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала