Veteranos enviam 2 toneladas de doces para combatentes russos na Síria

© Sputnik / Ministério da Defesa da RússiaEngenheiros militares russos ajudam a neutralizar minas em áreas orientais da cidade síria de Aleppo (foto de arquivo)
Engenheiros militares russos ajudam a neutralizar minas em áreas orientais da cidade síria de Aleppo (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Uma associação de veteranos do Exército e da polícia da Rússia enviou duas toneladas de doces para militares do país que combatem terroristas na Síria sentirem "o aroma da pátria".

O carregamento foi levado em um avião da Força Aeroespacial da Rússia junto com ajuda humanitária para a população síria. 

"Enviamos esses doces a nossos soldados para que sintam o aroma da pátria", disse à imprensa uma porta-voz da associação de veteranos. 

A Síria vive desde março de 2011 um conflito entre forças do governo, grupos armados e organizações terroristas. 

Em setembro de 2015, a Rússia lançou uma ofensiva aérea no país árabe após pedido do presidente sírio, Bashar Assad. 

Em março de 2016, Moscou ordenou uma retirada parcial de suas tropas da Síria, por considerar cumprida sua missão. No ano seguinte, em janeiro de 2017, o Ministério da Defesa anunciou que mais militares deixariam o país em guerra.  

Com a recuperação de todos os territórios controlados pelo Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e outros países) na Síria, o presidente russo, Vladimir Putin, determinou uma terceira retirada. 

Atualmente, a Rússia mantém presença militar na base aérea de Hmeymim e no porto de Tartus.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала