Evo Morales é escolhido chefe da campanha de seu partido e promete eleger 'candidato unitário'

© REUTERS / Carlos Garcia RawlinsPresidente da Bolívia, Evo Morales, faz comunicado à imprensa
Presidente da Bolívia, Evo Morales, faz comunicado à imprensa - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os deputados do Movimento ao Socialismo (MAS) da Bolívia elegeram o ex-presidente Evo Morales neste sábado (7) como chefe da campanha para as eleições de 2020.

"Aprecio a confiança em me nomear como chefe de campanha. Vamos eleger um candidato unitário e novamente vencer a eleição do primeiro turno", disse Morales.

A votação foi realizada em uma reunião do MAS em Cochabamba, na região que é base dos sindicatos de plantadores de coca e grupo político original de Morales. 

O MAS sempre teve como candidato presidencial Morales — que perdeu apenas uma eleição, em 2002. 

Na última eleição que participou, Morales foi eleito pela quarta vez consecutiva, mas o resultado foi contestado por protestos populares e culminaram em um golpe liderado por comitês cívicos e as Forças Armadas.

Entre os possíveis presidenciáveis do MAS para as novas eleições, previstas para o primeiro semestre de 2020, os nomes ventilados são: Luis Arce (ex-ministro da Economia), José Alberto Gonzales (ex-embaixador da Organização dos Estados Americanos), David Choquehuanca (ex-ministro das Relações Exteriores) e Andrónico Rodríguez (vice-presidente do sindicato dos cocaleiros).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала