'Erdogan cruzou nova linha vermelha', diz senador norte-americano

© REUTERS / Joshua RobertsPresidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, e presidente dos EUA, Donald Trump, em uma coletiva de imprensa na Casa Branca, 13 de novembro de 2019
Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, e presidente dos EUA, Donald Trump, em uma coletiva de imprensa na Casa Branca, 13 de novembro de 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Chris Van Hollen, senador democrata, considera que a Turquia está ultrapassando seus limites como membro da OTAN.

O senador democrata norte-americano Chris Van Hollen se insurgiu na segunda-feira (25) em um tweet, considerando que Erdogan "cruzou mais uma linha vermelha" com suas ações.

Van Hallen critica a Turquia por ter realizado testes dos sistemas antiaéreos russos S-400, que os americanos não veem com bons olhos.

Duas semanas depois de sua visita à Casa Branca, Erdogan está desrespeitando Trump, os EUA, a OTAN e cruzando outra linha vermelha com os S-400.

A lei existente nos EUA exige que Trump imponha sanções. Pompeo também deve confrontar a Turquia sobre suas mais recentes violações de "zonas seguras" e ataques contra os curdos.

Van Hollen apela à administração Trump para que imponha sanções contra o membro da OTAN por causa do que considera ser uma conduta errada da Turquia na Síria, inclusive no que respeita às operações de Ancara contra os curdos, aliados dos EUA no conflito sírio.

Na terça-feira (26) a Turquia bloqueou um plano de defesa da OTAN no mar Báltico a não ser que a aliança considere os grupos curdos na Síria como terroristas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала