Protestos no sul do Iraque deixam 6 mortos e mais de 140 feridos

© REUTERS / THAIER AL-SUDANIForças de segurança do Iraque usam gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes durante protestos em Bagdá em 25 de outubro de 2019
Forças de segurança do Iraque usam gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes durante protestos em Bagdá em 25 de outubro de 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Protestos antigovernamentais nas cidades iraquianas de Basra e Nassíria deixaram ao menos seis mortos e mais de 140 feridos neste domingo, conforme revelou uma fonte da comissão regional de direitos humanos à Sputnik.

Mais cedo, os relatos na mídia davam conta de dois mortos em Basra e cerca de 70 feridos, além de outras três mortes em Nassíria. 

​De acordo com a fonte ouvida pela Sputnik, o número total de mortes foi atualizada para seis, considerando registros feitos entre a noite de ontem e a noite de hoje. Ao todo, 141 pessoas tiveram ferimentos.

Intensas manifestações vêm sendo realizadas no Iraque desde o início de outubro, com ativistas exigindo a renúncia do governo, reformas econômicas, melhores condições de vida, bem-estar social e o fim da corrupção.

Até o momento, o total de baixas nesses protestos supera a marca de 300, enquanto os feridos são estimados em torno de 15 mil. Neste mês, 66 agentes de segurança iraquianos foram levados ao tribunal por conta do uso excessivo de força contra manifestantes.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала