Trump declara estar disposto a reunir-se com 'ditadores' sempre que seja conveniente para os EUA

© AP Photo / Seth WenigPresidente dos EUA, Donald Trump, discursa durante reunião do Clube Econômico de Nova York, em 13 de novembro de 2019
Presidente dos EUA, Donald Trump, discursa durante reunião do Clube Econômico de Nova York, em 13 de novembro de 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos EUA, Donald Trump, declarou não ver problemas em reunir-se com ditadores, desde que isso seja conveniente aos interesses dos EUA: “Eu me reúno com todos”.

O presidente norte-americano aproveitou a reunião do Clube Econômico de Nova York para se gabar dos resultados de sua política econômica e dizer que é muito procurado por líderes mundiais:

"Quando me encontro com os líderes dos países que nos visitam - reis, rainhas, primeiros-ministros, presidentes e ditadores - encontro-me com todos eles", disse Trump em um discurso no Clube Econômico de Nova York.

"Todos querem vir cá", acrescentou. "Ditadores, ok, que venham. O que for bom para os Estados Unidos. Queremos ajudar o nosso povo", complementou.

​Segundo o jornal The Hill, o presidente detalhou os índices econômicos da economia norte-americana, que tem mostrado alguns resultados positivos, como o baixo índice de desemprego.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала