Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Com extinção proposta por Bolsonaro, seguro DPVAT chega ao Top 3 do Twitter

© AFP 2021 / Vanderlei AlmeidaAvenida Rio Branco do Rio de Janeiro, Brasil, 21 de setembro de 2012
Avenida Rio Branco do Rio de Janeiro, Brasil, 21 de setembro de 2012 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Na segunda-feira (11), Jair Bolsonaro anunciou edição de medida provisória que visa extinguir seguro que indeniza vítimas de acidente de trânsito, o DPVAT, a partir de 2020. A proposta do governo está dando o que falar no Twitter.

Em uma cerimônia, realizada no Palácio do Planalto na última segunda-feira (11), o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, trouxe à tona a edição de uma medida provisória que visa acabar com o seguro obrigatório DPVAT (Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) a partir de 2020.

De acordo com o governo, a extinção do seguro visa evitar fraudes e acabar com os elevados custos de supervisão e de regulação do DPVAT.

O DPVAT entra mais no dia a dia do brasileiro por cobrir casos de morte, invalidez permanente ou despesas com assistência médica ligados a acidentes de trânsito. Sendo assim, a extinção proposta por Bolsonaro, não está agradando muita gente no Twitter, fazendo com que DPVAT se tornasse um dos assuntos mais comentados desta terça-feira (12), com mais de 60 mil tweets até a publicação desta matéria.

Internauta expôs números e deixou a entender que quem sai perdendo com a extinção do DPVAT é o contribuinte.

​Teria Brasil virado um hospício?

​Respondendo a quem diz nunca ter visto o DPVAT, o juiz Madeira escreveu que "não é porque não vemos algo que esse algo não existe".

​Teve internauta que trouxe história pessoal do alívio por receber o seguro DPVAT.

​Nem todo mundo é contra a extinção do seguro obrigatório, e há quem use a decisão de Bolsonaro para criticar petistas.

Para internauta, petista está triste com extinção de DPVAT.

​Deputado federal Felipe Barros (PSL-PR) recebeu a edição de Bolsonaro para extinguir o seguro como "grande dia", por ser um imposto a menos.

​A medida provisória ainda deve ser aprovada em um período de seis meses pelo Congresso assim que publicada no Diário Oficial da União. Caso não seja aprovada, perderá a validade, e o seguro seguirá em vigor.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала