Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Trump diz que negociações com Coreia do Norte continuam mesmo com teste de míssil

© AP Photo / Susan WalshPresidente dos EUA Donald Trump e líder norte-coreano Kim Jong-un durante encontro na zona demilitarizada, 30 de junho de 2019
Presidente dos EUA Donald Trump e líder norte-coreano Kim Jong-un durante encontro na zona demilitarizada, 30 de junho de 2019  - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira (3) que as negociações com a Coreia do Norte continuarão, apesar do teste de um míssil balístico feito pelo país asiático no dia 2 de setembro.  

"Eles querem conversar e nós iremos conversar com eles", disse Trump para jornalistas na Casa Branca, segundo publicado pela agência AFP. Foi a primeira declaração pública do republicano após o lançamento, que teria partido de um submarino

Segundo o governo norte-coreano, o teste significa que o país entrou em uma "nova fase". Negociações entre os dois países estão previstas para ocorrer na semana que vem, em Estocolmo. Apesar da aproximação com os EUA, a tensão entre as duas Coreias ainda é considerada grande. 

Ao ser perguntando se Pyongyang tinha ido longe demais, Trump limitou-se a dizer: "Vamos ver". 

Lançamento mais significativo desde início das negociações

O lançamento é considerado o mais representativo desde que a Coreia do Norte iniciou conversas com os EUA, em 2018. O governo norte-coreano é pressionado pelos americanos a abandonar seu programa de amas nucleares. 

Segundo analistas, a capacidade do míssil testado, se comprovada, marca um grande avanço no poderio do país. 

"Avaliamos que era um míssil balístico de pequeno a médio alcance. E eu diria que nós não temos indicação de que foi lançado por um submarino, mas por uma plataforma no mar", afirmou, por sua vez, um porta-voz militar americano, coronel Pat Ryder. 

No entanto, caso tenha partido de um submarino, o lançamento significa que Pyongyang teria capacidade de acionar mísseis em locais afastados da península da Coreia. A União Europeia considerou a atitude da Coreia do Norte uma ação provocativa. 

Trump já disse que não vê problemas com testes anteriores realizados pelos norte-coreanos com mísseis de curto alcance. Ele também afirma que continua mantendo boas relações com o líder norte-coreano, Kim Jong-un. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала