Mais uma 'visita': avião militar dos EUA realiza voo de vigilância junto à costa russa do mar Negro

© Sputnik / Igor MaslovBoeing P-8 Poseidon da Marinha dos EUA durante os exercícios militares dos países da OTAN Sea Breeze-2019
Boeing P-8 Poseidon da Marinha dos EUA durante os exercícios militares dos países da OTAN Sea Breeze-2019 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um avião Boeing P-8A Poseidon da Força Aérea dos EUA realizou novo voo de reconhecimento junto à costa russa do mar Negro, informa o portal de monitorização Plane Radar.

Às 10h20, horário de Moscou (4h20 em Brasília), o avião foi detectado no espaço aéreo da Bulgária. O Boeing decolou da base aérea da OTAN de Sigonella, localizada na ilha da Sicília, Itália.

11h10, horário de Moscou (5h10 em Brasília).

Nas águas do mar Negro.

11h45, horário de Moscou (5h45 em Brasília).

Começou o voo de reconhecimento, ao longo da costa russa do mar Negro.

Após cerca de hora e meia, a aeronave começou a operação de reconhecimento. Tento sobrevoado uma área próxima da cidade russa de Sevastopol, a aeronave se dirigiu nas direção de Novorossiysk. O avião passou cerca de duas horas perto da fronteira sul da Rússia.

Visitas frequentes

No sábado (28), duas aeronaves da Força Aérea dos EUA tinham igualmente realizado voos de reconhecimento nas proximidades da Crimeia, Rússia. Uma aeronave de reconhecimento eletrônico Lockheed ЕР-3Е Orion, com o número 15651, e um avião antinavio Boeing P-8A Poseidon, com o número 169332, sobrevoaram diversas vezes a zona perto da costa sul e sudoeste da Crimeia.

Os aviões militares dos EUA têm sido detectados frequentemente perto das fronteiras da Rússia – ao longo da costa da Crimeia, sobre o mar Negro e na região russa de Kaliningrado, bem como perto das bases militares russas na Síria.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала