ONU pede 'contenção máxima' a Israel e Líbano após troca de ataques

© AP Photo / Khalil SenosiSecretário-geral da ONU, António Guterres
Secretário-geral da ONU, António Guterres - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu "contenção máxima" a Israel e Líbano depois que o exército israelense e o grupo Hezbollah trocaram uma série de ataques na fronteira libanesa.

"[Guterres] pede máxima contenção", disse o porta-voz do secretário-geral, Stephane Dujarric.

Ele acrescentou que Guterres também pediu aos dois países que interrompessem os atos que violam a resolução 1701 e impedem o retorno do cessar-fogo.

No dia 1º de agosto, o movimento Hezbollah destruiu um veículo blindado israelense na área de fronteira; Israel, em retaliação atacou com mais de 40 mísseis as cidades de Marun al Ras, Aitarun e Yarun, localizadas no sul do Líbano.

A resolução 1701 foi aprovada por unanimidade pelo Conselho de Segurança da ONU em 11 de agosto de 2006 e encerrou o conflito militar entre Israel e o Hezbollah, que durou pouco mais de um mês.

O documento insta Israel e Líbano a "apoiar um cessar-fogo permanente e uma solução duradoura".

Além disso, pede que respeite plenamente a Linha Azul, a fronteira reconhecida pela ONU entre os dois países.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала