Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Exército sírio reinicia operação militar contra terroristas na província de Idlib

© Sputnik / Mikhail Alaeddin / Abrir o banco de imagensExército sírio
Exército sírio - Sputnik Brasil
Nos siga no
Forças Armadas da Síria reiniciaram a operação militar em Idlib, informa o canal de televisão Ikhbariya citando um comunicado do Comando Geral das Forças Armadas da Síria.

Devido ao incumprimento por parte dos militantes do cessar-fogo anteriormente estabelecido e dos acordos russo-turcos de Sochi por parte de Ancara, o exército sírio está reiniciando a operação militar contra grupos terroristas na província de Idlib, informa o comunicado do comando das Forças Armadas da Síria.

"Com base no acordo de cessar-fogo e nos termos de cumprimento por Ancara dos acordos de Sochi, o que não aconteceu, apesar dos esforços da Síria nesse sentido. Por conseguinte, o Exército e as Forças Armadas estão retomando a sua operação militar contra grupos terroristas de diferentes denominações. Responderão a qualquer agressão com base nas suas responsabilidades constitucionais para proteger o povo sírio e garantir sua segurança", citou Ikhbariya o comunicado.

Região problemática

Idlib continua sendo a região mais problemática – as forças governamentais sírias ainda não a controlam. O confronto entre o Exército de Bashar Assad, a oposição e os terroristas continua decorrendo nessa província.

No total, de acordo com diferentes dados, há cerca de 30.000 militantes na província de Idlib, incluindo mercenários estrangeiros.

A situação é tornada ainda mais complexa pela tradicional dificuldade em dialogar entre a Síria e a Turquia. Damasco considera que Ancara ocupou parte do país e exige que os territórios ocupados sejam libertados.

Em 17 de setembro de 2018, os ministros da Defesa russo e turco assinaram em Sochi um memorando sobre a estabilização da situação na zona de desescalada de Idlib e acordaram em estabelecer uma zona desmilitarizada nessa província da Síria. Entretanto, são conhecidos casos de ataques realizados pela Turquia contra posições das forças sírias nessa região.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала