Irã nega alegações dos EUA sobre derrubada de drone iraniano no golfo Pérsico

© REUTERS / Corpo de Fuzileiros dos EUA/Cpl. Darien J. BjorndaNavios militares dos EUA, USS Bonhomme Richard (primeiro de baixo), e USS Boxer (segundo de cima), participam de exercícios navais com grupo de pronta-resposta da Unidade Anfíbia da Coreia do Sul, em Ssang Yong, 8 de março de 2016
Navios militares dos EUA, USS Bonhomme Richard (primeiro de baixo), e USS Boxer (segundo de cima),  participam de exercícios navais com grupo de pronta-resposta da Unidade Anfíbia da Coreia do Sul, em Ssang Yong, 8 de março de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Todos os drones iranianos no golfo Pérsico e no estreito de Ormuz voltaram às suas bases intactos, disse o representante das Forças Armadas do Irã, Abolfazl Shekarchi.

"Apesar das reivindicações vazias de Trump, todos os drones pertencentes ao Irã que estavam realizando tarefas de reconhecimento e controle no golfo Pérsico e no estreito de Ormuz voltaram intactos às suas bases", disse Shekarchi, citado pela agência Tasnim.

"Não perdemos nenhum drone no estreito de Ormuz nem em nenhum outro lugar. Estou preocupado que o USS Boxer tenha derrubado seu próprio VANT [Sistema Aéreo Não Tripulado] por engano", disse o vice-ministro das Relações Exteriores, Abbas Araghchi, no Twitter, referindo-se ao recente incidente.​

A declaração vem depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou na quinta-feira (18), que um navio da Marinha dos EUA derrubou um drone iraniano no estreito de Ormuz, que havia ignorado suas advertências. Ao mesmo tempo, o ministro iraniano das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif, afirmou que o Irã não tem informações sobre a perda de qualquer drone.

Série de incidentes

As afirmações sobre o drone iraniano vêm em meio à escalada de tensões entre Washington e Teerã.

Vários petroleiros foram alegadamente atacados no Oriente Médio, pelo que os EUA e aliados apressaram-se a acusar a República Islâmica de organizar esses incidentes.

Após isso, a Guarda Revolucionária iraniana derrubou um avião americano não tripulado, dizendo que tinha violado o espaço aéreo iraniano. Os Estados Unidos estavam alegadamente prontos para empreender uma operação de retaliação contra o Irã, mas o presidente americano Donald Trump a cancelou minutos antes do seu início.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала