- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro quer que militar preso com cocaína na Espanha deponha às autoridades brasileiras

© Dept of Immigration and Border Protection HandoutPacote de cocaína
Pacote de cocaína - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente brasileiro Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira que os representantes do Estado logo serão enviados à Espanha para interrogar um oficial da Força Aérea Brasileira (FAB) que era membro da equipe do G20 e foi preso em Sevilha com 39 kg de cocaína.

O sargento Manoel Silva Rodrigues foi detido na semana passada durante uma escala na Espanha, quando o presidente estava a caminho da Osaka (Japão) para a reunião anual dos líderes mundiais, o G20.

Bolsonaro, que uma vez prometeu erradicar o tráfico de drogas no Brasil, considerou o incidente " inaceitável" e ordenou que seu Ministério da Defesa cooperasse com a polícia espanhola na investigação do caso.

"O Comandante da Aeronáutica vai mandar nossa equipe [para a Espanha] o mais rápido possível para interrogar o sargento [...] suspeitamos que não seja a primeira vez que ele lida com drogas", informou o presidente, citado pelo jornal Folha de S. Paulo.

Rodrigues está agora sob custódia na sede da Guarda Civil espanhola em Sevilha e aguarda julgamento por acusações de tráfico de drogas, segundo um representante da guarda civil.

Também nesta quarta-feira o jornal espanhol El País postou uma imagem da droga apreendida com o sargento da Aeronáutica, e chamou a atenção das autoridades espanholas o fato do militar sequer ter tentado camuflar a carga de entorpecentes.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала