Ex-oficiais nazistas teriam formado exército secreto após 2ª Guerra Mundial

© Sputnik / А. Shadrin / Abrir o banco de imagensMedalha nazista
Medalha nazista - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Documentos escondidos por anos nos arquivos da Agência de Inteligência da Alemanha, Bundesnachrichtendienst (BND), revelam planos secretos de 1949, dos veteranos da Waffen-SS e Wehrmacht, conjunto das Forças Armadas da Alemanha durante o Terceiro Reich, para formar uma força paramilitar de uns 40.000 combatentes.

Os documentos descobertos pela revista alemã Der Spiegel também revelam que as forças de ocupação dos aliados não sabiam sobre o plano, onde diversos ex-generais nazistas poderiam se tornar comandantes das Forças Armadas da Alemanha Ocidental, Bundeswehr.

O plano teria o apoio dos ex-generais do Terceiro Reich, como Hans Speidel, que foi nomeado chefe das forças terrestres da OTAN na Europa Central em 1957, e Adolf Heusinger, o primeiro inspetor geral da Bundeswehr.

Adolf Hitler, líder da Alemanha nazista, se endereçando a grupos de jovens fascistas em Nuremberg, 11 de setembro de 1937 - Sputnik Brasil
Novas revelações sobre Hitler: líder nazista não queria ver extermínio dos judeus
Na ocasião, a ideia da criação de um exército secreto foi de Albert Schnez, um ex-coronel da Wehrmacht, que, posteriormente, tornou-se um oficial da Bundeswehr, segundo a revista The National Interest

Dessa maneira, Schnez pretendia formar um exército composto por oficiais experientes, formando divisões de núcleos de combate.

Segundo revela o documento, o então chanceler Konrad Adenauer, foi informado sobre o exército secreto em 1951, quando ordenou que seus espiões monitorassem o grupo, entretanto, não tomou qualquer medida para interromper as ações da organização.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала