Sacrificando quem não tem medo de revelar

© Sputnik / Vitaly PodvitskySacrificando quem não tem medo de revelar
Sacrificando quem não tem medo de revelar - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Equador resolveu suspender o asilo diplomático do fundador do WikiLeaks, Julian Assange, por ele ter violado "várias vezes" o acordo de convivência para garantir permanência na embaixada equatoriana, segundo o presidente equatoriano, Lenín Moreno.

A polícia prendeu o ativista nesta quinta-feira (11). Segundo a publicação do WikiLeaks no Twitter, Assange não saiu da embaixada do Equador, mas o próprio embaixador convidou a polícia britânica para dentro do prédio, prendendo-o imediatamente.

O julgamento deve ocorrer hoje (11), na Suprema Corte do Reino Unido, em Londres.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала