EUA acusam Assange de envolvimento na conspiração de Chelsea Manning em 2010

© AP Photo / Ted S. WarrenMilitares dos EUA trabalhando nos computadores
Militares dos EUA trabalhando nos computadores - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Departamento da Justiça dos Estados Unidos acusa o fundador do WikiLeaks de ter participado de conspiração com Chelsea Manning para hackear computadores do Departamento de Defesa dos EUA a fim de obter acesso a informações secretas.

O anúncio foi feito através da ata de acusação divulgada na quinta-feira (11) pela entidade jurídica.

"O objetivo principal da conspiração era ajudar Manning a receber e transmitir informações confidenciais relacionadas à Defesa Nacional dos Estados Unidos, para que o WikiLeaks pudesse divulgar publicamente as informações em seu site", diz o documento.

Apoiante de Julian Assange, fundador do portal WikiLeaks, segurando cartaz, Londres, Reino Unido, 14 de novembro de 2016 - Sputnik Brasil
Editora-chefe da Sputnik sobre prisão de Assange: 'A hipocrisia mundial venceu'
Segundo o documento, em 10 de março de 2010, Manning, que na época servia no serviço militar ainda como homem, compartilhou com Assange uma parte da senha, guardada nos computadores do Pentágono, que permitia acesso à rede interna da entidade militar.

"Em 10 de março de 2010 ou aproximadamente nesse período, Assange pediu a Manning informações adicionais sobre a senha. Assange deu a entender que tinha tentado hackear a senha, indicando que não conseguiu", diz-se no documento.

Recentemente foi comunicado que o Equador resolveu suspender o asilo diplomático de Assange, que estava exilado na embaixada do país em Londres. Em seguida, a polícia britânica prendeu o fundador do WikiLeaks.

Assange estava exilado na embaixada do Equador em Londres desde 2012. Ele foi preso por autoridades do Reino Unido acusado de estuprar duas mulheres na Suécia, mas foi liberto com pagamento de fiança. Assange posteriormente violou as condições de fiança, solicitando asilo na embaixada do Equador, por temer ser preso pela polícia britânica e extraditado para os EUA por vazamento de informações publicadas no site do WikiLeaks.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала