Análise: potencial militar russo serve inclusive para conter 'grandes aventuras' dos EUA

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensVladimir Putin saúda militares depois do encerramento da etapa principal das manobras militares Vostok 2018, que contou com participação de russos, mongóis e chineses
Vladimir Putin saúda militares depois do encerramento da etapa principal das manobras militares Vostok 2018, que contou com participação de russos, mongóis e chineses - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
De acordo com um ranking publicado há pouco, o exército russo está no Top 3 dos maiores exércitos do mundo, porém, ficando atrás dos EUA. Um especialista falou com a Sputnik e afirmou que os americanos estão à frente dos russos apenas em um parâmetro.

Na opinião da edição Business Insider, os militares russos ocupam o 2º lugar no ranking dos melhores exércitos, superando a China, que está na terceira posição, e perdendo para os Estados Unidos. Em análise, especialistas tomaram em consideração mais de 50 indicadores, inclusive a diversidade de armas existentes, o potencial de mobilização, o desenvolvimento da indústria, os recursos naturais e outros fatores.

Porta-aviões norte-americanos USS John C. Stennis  e USS Ronald Reagan no mar das Filipinas (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
China está pronta para demonstrar seu potencial perante os EUA, diz especialista
Na primeira dezena, ficaram também tais países como a Índia, França, Reino Unido, Coreia do Sul, Japão, Turquia e Alemanha. O Brasil integrou a lista dos 25 exércitos mais poderosos, ficando no 14º lugar.

Porém, na opinião do editor-chefe da revista Natsionalnaya Oborona (Defesa Internacional), Igor Korotchenko, expressa ao serviço russo da Rádio Sputnik, o ranking não reflete corretamente a realidade.

"Todos esses rankings, de fato, são inventados do nada. Porque o ranking real do que este ou aquele exército vale só pode ser estabelecido na guerra. Pelo nível de sua prontidão para combate, equipamento de armas e veículos, espírito de combate e estado emocional, o exército russo é um dos melhores do mundo. Nós contemos, evitamos que os EUA se metam em grandes aventuras com base em nossa Força Estratégica de Mísseis e potencial convencional", opinou o especialista russo.

A seu ver, isto foi bem ilustrado pela operação militar russa na Síria, que logrou resultados inéditos em um prazo bem curto.

Soldados norte-americanos participam de cerimônia de abertura do exercício militar Iron Wolf 2017, na área de treinamento em Pabrade, ao norte da capital lituana de Vilnius, em 12 de junho de 2017 - Sputnik Brasil
Pentágono acha que Rússia será incapaz de manter seu potencial militar
"Comparando com os EUA, que se atolaram no Afeganistão e no Iraque e não podem fazer nada, a Rússia mostrou em sua operação síria que é mais bem-sucedida, mais eficiente, e que suas Forças Armadas são mais profissionais do ponto de vista das missões colocadas. Eu acredito que o segundo lugar não é objetivo, evidentemente estamos no 1º lugar no mundo, os EUA ficam atrás de nós", assegurou.

Entretanto, acredita o analista, há uma coisa em que o exército estadunidense realmente supera o russo.

"A única coisa em que eles nos superam são as despesas militares, o orçamento militar. Mas hoje em dia isso não é um indicador, pois, tendo um orçamento muitas vezes menor do que o americano, somos mais bem-sucedidos e, consequentemente, somos melhores", expressou.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала