03:04 10 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Soldados do Exército Brasileiro

    Rússia e Brasil estão na lista dos exércitos mais poderosos do mundo

    Valter Campanato/ Agência Brasil
    Defesa
    URL curta
    495613

    Os exércitos russo e brasileiro foram incluídos no ranking das 25 forças armadas mais fortes do mundo publicado no site de notícias Business Insider.

    Ao criar o ranking, os especialistas tomaram em conta mais de 50 indicadores, entre eles a variedade de equipamentos, potencial de mobilização, geografia, capacidades logísticas, recursos naturais disponíveis, nível de desenvolvimento industrial, entre outros.

    Os lugares mais altos foram ocupados pelas potências nucleares e por membros da OTAN. Países sem saída ao mar não perderam pontos por não terem marinha.

    Os Estados Unidos ficaram no topo da lista, com um número de militares um pouco maior do que 2 milhões. O exército americano tem quase 6.000 tanques, um pouco mais de 13.000 aviões, entre eles cerca de 2.000 caças, bem como 415 navios, detalha o Business Interest. O orçamento militar do país constitui 647 bilhões de dólares (R$ 2,46 trilhões).

    Os EUA são seguidos pela Rússia com mais de 3,5 milhões de militares. Segundo o portal, as Forças Armadas russas contam com quase 4.000 aviões, mais de 20.000 tanques e 352 navios. O orçamento militar totaliza 47 bilhões de dólares (R$ 178 bilhões).

    O terceiro lugar no ranking foi atribuído à China com um exército de mais de 2,5 milhões de efetivos. O Exército Popular de Libertação da China possui mais de 7.500 tanques, mais de 3.000 aviões e 714 navios. O orçamento militar chinês atinge 151 bilhões de dólares (R$ 573 bilhões).

    O Exército Brasileiro ficou no 14º lugar da lista, com o pessoal militar alcançando quase 2 milhões. Segundo as estatísticas do portal, o Brasil dispõe de 723 aviões, entre eles 43 caças, 469 tanques e 110 navios. O orçamento militar é de 29,3 bilhões de dólares (R$ 111 bilhões).

    No top 10 também foram incluídas as forças armadas da Índia, França, Reino Unido, Coreia do Sul, Japão, Turquia e Alemanha.

    O ranking foi elaborado considerando os dados do site Global Firepower.

    Mais:

    Aviões militares russos vistos de perto e em diversos ângulos (VÍDEO)
    Turquia quer receber 1º lote do S-400 russo antes de 2020, diz porta-voz de Erdogan
    Ex-embaixador indiano receia que China se torne única potência dominante da Ásia-Pacífico
    EUA: Irã não declarou todas armas químicas à agência global
    Tags:
    pessoal, militares, exército, navios, aviões, forças armadas, tanques, Business Insider, Turquia, Coreia do Sul, Reino Unido, Alemanha, Índia, China, EUA, França, Rússia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik