- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Jair Bolsonaro é o novo presidente do Brasil

© Fotos Públicas / Fernando FrazãoJair Bolsonaro em lançamento de sua candidatura pelo PSL
Jair Bolsonaro em lançamento de sua candidatura pelo PSL - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O candidato Jair Bolsonaro (PSL) confirmou o favoritismo e venceu o segundo turno das eleições presidenciais do Brasil neste domingo (28), tornando-se o 38º presidente do Brasil.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apurou 99,99% das urnas e Jair Bolsonaro (PSL), presidente eleito, tem 55,13% dos votos — Fernando Haddad (PT) tem 44,87%.

A vitória do PSL marca o fim do ciclo de disputas entre PT e PSDB, que durou 24 anos, Bolsonaro chega ao poder após passar pelo processo eleitoral mais polarizado e conturbado da história recente do país. 

Simpatizantes de Jair Bolsonaro se manifestam no dia da eleição, em RJ, em 28 de outubro de 2018 - Sputnik Brasil
Brasil começa a eleger futuro presidente
No primeiro turno, Jair Bolsonaro ficou na frente com 46,03% ds votos válidos (49.276.990 votos), seguido de Fernando Haddad, que teve 29,98% (31.342.005 votos). Ciro Gomes (PDT) ficou em terceiro lugar com 12,47% (13.344.366 votos); Geraldo Alckmin (PSDB) em quarto com 4,76% (5.096.349 votos). 

Jair Bolsonaro, 63 anos, teve sete mandatos na Câmara dos Deputados. Capitão da reserva do Exército, filiou-se ao PSL, seu nono partido, para disputar a eleição presidencial. Natural de Glicério (RJ), Bolsonaro construiu carreira política no Rio de Janeiro. Foi o candidato a deputado federal mais votado no estado, nas eleições de 2014, com 464 mil votos. Casado três vezes, tem cinco filhos, dos quais três estão na vida política.

Brasileiros residentes de Lisboa no 2º turno das eleições presidenciais - Sputnik Brasil
Vitória de Bolsonaro e reforço de policiamento marcam 2º turno em Lisboa (FOTOS)
Bolsonaro recebeu uma facada durante ato de campanha no dia 6 de setembro, em Juiz de Fora (MG). Após ter sido atendido na Santa Casa da cidade, onde chegou a passar por uma cirurgia, ele foi transferido, a pedido da família, para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo.  Após passar três semanas internado, Bolsonaro recebeu alta no dia 29 de setembro. 

Entre os principais pontos de sua campanha, destacam-se a defesa da liberação do porte de armas, o fim de demarcação de terras indígenas e quilombolas e a exploração da Amazônia pelos EUA. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала