Assad: presença russa na Síria promove equilíbrio político mundial

© Sputnik / Serviço de Imprensa da Frota do Norte/Andrey Luzik/USO EDITORIALBandeiras da Rússia e da Síria no convés do porta-aviões russo Admiral Kuznetsov no Mediterrâneo
Bandeiras da Rússia e da Síria no convés do porta-aviões russo Admiral Kuznetsov no Mediterrâneo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A presença dos militares russos na Síria será necessária até que o equilíbrio de forças na região se altere e a situação política no mundo se normalize, declarou o presidente do país árabe, Bashar Assad.

"A Rússia não é um país pequeno, é uma grande potência. Por isso tem uma obrigação perante o mundo inteiro e tem uma responsabilidade pelo mundo inteiro. Parte dessa responsabilidade consiste na presença política e militar em várias regiões, quando for necessário", disse Asad à mídia russa.

O presidente sírio Bashar Assad durante um discurso em frente dos diplomatas, em 20 de agosto de 2017 - Sputnik Brasil
Assad: Capacetes Brancos que se recusam a depor armas serão eliminados como terroristas
Por isso, ressaltou, o presidente, "as Forças Armadas russas são importantes para o equilíbrio em nossa região, pelo menos no Oriente Médio, até que o equilíbrio político no mundo se altere".

Assad comparou a situação atual em seu país com a da Frente Oriental da Segunda Guerra Mundial. Cercado por parentes de militares russos que morreram lutando contra os jihadistas na Síria, o presidente sírio disse que as ações bárbaras dos nazistas eram comparáveis ​​às dos terroristas de hoje.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала