Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Análise: F-35 falhou em se tornar 'estrela' e jamais se tornará

Nos siga no
O Escritório Governamental de Contabilidade dos EUA descobriu cerca de mil falhas no caça de quinta geração F-35. Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, o analista militar Dmitry Drozdenko compartilhou sua opinião quanto às causas da falha de um projeto em que foi investida uma enorme quantidade de recursos.

O Escritório Governamental de Contabilidade dos EUA (GAO) relatou sobre 966 falhas no projeto do caça de quinta geração F-35. Entre elas, 110 podem prejudicar à segurança e outras características de importância crucial, segundo o relatório do escritório.

Caça norte-americano F-35 Lightning II - Sputnik Brasil
Turquia admite tensões nas relações com EUA devido à questão dos F-35
Os desenvolvedores do projeto devem tomar uma decisão sobre a produção em série do F-35 em outubro de 2019. À luz disso, o GAO recomendou resolver a questão das falhas críticas até o lançamento da produção em série do caça.

Enquanto isso, os EUA já forneceram vários caças F-35A (sendo esta uma versão tecnologicamente mais simples e barata do F-35) ao Japão. Já neste mês, Ancara espera receber o primeiro caça de quinta geração norte-americano.

Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, o vice-editor-chefe do jornal Arsenal Otechestva, Dmitry Drozdenko, assinalou que apesar de todos os esforços o avião norte-americano falhou em se tornar uma "estrela".

"O F-35 é um aparelho complexo, sendo fruto de um ‘liga’ de várias tecnologias dos países que participaram do projeto. Muito frequentemente essas tecnologias entram em conflito", assinalou.

Caça da quinta geração Su-57 - Sputnik Brasil
Especialista desmente 'futuro pouco brilhante' do Su-57: há avanços sérios
De acordo com ele, além de tais problemas como falhas no funcionamento do motor, no sistema de segurança (ejetor ou sistema de regeneração de oxigênio), esse "conflito" ocorre até mesmo ao nível de materiais, que são os mais avançados.

"Chega a ser ridículo: surge até mesmo corrosão. Além disso, caso algo pare de funcionar dentro do avião (o que acontece com muita frequência), é muito difícil receber peças de reposição do fabricante. Ou seja, a manutenção do aparelho também acaba falhando. Isto é, apesar de se ter gasto uma enorme quantidade de dinheiro, o avião não se tornou uma 'estrela'. E há opiniões que jamais se tornará", ressaltou Dmitry Drozdenko.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала