Turquia admite tensões nas relações com EUA devido à questão dos F-35

CC0 / / Caça norte-americano F-35 Lightning II
Caça norte-americano F-35 Lightning II - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os debates em Washington quanto ao provável bloqueio da venda de caças F-35 a Ancara, como medida de retaliação pela compra pela Turquia dos sistemas russos de defesa antiaérea S-400, contribuem para tensões nas relações turco-americanas, afirmou nesta segunda-feira (4) o chanceler da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

"Entre Ancara e Washington de fato existem tensões quanto ao contrato de fornecimento de caças de quinta geração. Porém, não há que esquecer que, ainda antes de fecharmos o contrato com a Rússia, a Turquia estava negociando as compras de sistemas de defesa antiaérea com nosso aliado, os EUA", recordou Mevlut em seu pronunciamento durante um encontro organizado pelo Comitê de Coordenação Turco-Americano (TASC, sigla em inglês).

"Washington se recusou a vendê-los. Então, tivemos que iniciar conversações com a Rússia. Caso hoje os EUA estejam prontos para vender à Turquia sistemas deste tipo, estamos prontos a comprá-los", afirmou o titular, citado pela agência turca Anadolu.

Caça F-35 Lightning II da Lockheed Martin - Sputnik Brasil
Senado dos EUA parece estar empurrando Turquia para 'pesadelo da OTAN'
Anteriormente, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores turco, Hami Aksoy, afirmou que a Turquia necessita dos S-400 para resolver tarefas de curto prazo na área da defesa antiaérea. No que se refere a tarefas de médio e longo prazo, Ancara continua negociando com os EUA a compra dos sistemas norte-americanos Hami Aksoy.

Em dezembro de 2017, os representantes russos e turcos assinaram um contrato para o fornecimento de sistemas S-400. Ancara comprará duas baterias destes sistemas, que serão operados pelas tropas do país. As partes também pretendem realizar uma cooperação técnica e transferência de tecnologia durante o processo, para desenvolver a produção de armamentos do tipo na Turquia.

Os EUA e representantes da OTAN criticaram repetidamente Ancara por sua decisão. Por exemplo, Wess Mitchell, assessor de Secretário de Estado dos EUA, afirmou que a compra dos S-400 pela Turquia pode afetar de forma negativa o fornecimento dos F-35 à Turquia. Cavusoglu, por sua vez, prometeu que Ancara tomará medidas de resposta contra Washington caso o fornecimento dos caças seja bloqueado, apontando para as aeronaves russas como provável alternativa.  

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала