Ucrânia planeja 'esmagar' Rússia com 'armas poderosas'

Nos siga noTelegram
A Ucrânia "vai esmagar" a Rússia não através do número de militares, mas através de suas armas "poderosas" de alta qualidade, declarou Pavel Bukin, chefe do consórcio militar ucraniano Ukroboronprom.

Respondendo à pergunta do jornalista Aleksandr Podobry se o país tem "armas poderosas" nunca antes apresentadas, Bukin respondeu afirmativamente e disse que "a Ucrânia está testando um míssil de cruzeiro". Entretanto, ele não revelou quaisquer detalhes sobre o novo míssil. 

Navio de desembarque Azov durante o ensaio geral para o Dia da Marinha em Sevastopol - Sputnik Brasil
Kiev elabora plano de ação contra 'agressão russa' no mar de Azov
Segundo o chefe do Ukroboronprom, o consórcio está tentando "prestar atenção aos projetos que causem maiores danos ao inimigo no curto prazo". 

"Seria ilusório pensar que podemos esmagar a Rússia através da quantidade de militares. Por isso vamos esmagá-la através da qualidade do armamento", declarou ele.

Em abril a construtora ucraniana Luch apresentou as primeiras imagens do lançamento do míssil ucraniano Olkha atingindo o alvo. Os especialistas russos declararam que o Olkha é uma variante do míssil para o lançador múltiplo de foguetes Smerch desenvolvido ainda na União Soviética nos anos 1970.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала