Kiev elabora plano de ação contra 'agressão russa' no mar de Azov

© Sputnik / Vasily Batanov / Abrir o banco de imagensNavio de desembarque Azov durante o ensaio geral para o Dia da Marinha em Sevastopol
Navio de desembarque Azov durante o ensaio geral para o Dia da Marinha em Sevastopol - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O partido político ucraniano UKROP (Associação Ucraniana de Patriotas) preparou e enviou ao governo propostas sobre "o rechaço da agressão russa" no mar de Azov.

Os deputados apelaram ao governo para apresentar à consideração do presidente ucraniano, Pyotr Poroshenko, uma proposta para rompimento das relações diplomáticas com a Rússia. Segundo eles, os laços econômicos e culturais com Moscou provocam ações "agressivas" em relação à Ucrânia.

Estação de transporte de gás exportado de Krasnodar, Rússia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Putin anuncia condições para manter trânsito de gás pela Ucrânia
A declaração nota que a construção da Ponte da Crimeia dificultou o trabalho dos portos ucranianos de Berdyansk e Mariupol e pode levar ao seu fechamento.

"Cria-se a impressão que as autoridades ucranianas não percebem a ameaça à situação na região do mar de Azov", salientaram os deputados.

O partido também apelou aos diplomatas para proporem no Conselho de Segurança da ONU a discussão da "política agressiva da Rússia no mar de Azov" e a introdução de sanções contra todos os portos russos nos mares de Azov e Negro.

Além disso, os deputados propuseram ao governo para proteger as águas do mar de Azov e do estreito de Kerch e realizar o seu patrulhamento marítimo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала