EUA retiram diplomatas da Nicarágua devido a violência

© REUTERS / Oswaldo RivasAlunos da Universidade Pública da Universidade Agrária (UNA) protestam contra reformas que implementam mudanças nos planos de pensão do Instituto Nacional de Seguro Social da Nicarágua (INSS).
Alunos da Universidade Pública da Universidade Agrária (UNA) protestam contra reformas que implementam mudanças nos planos de pensão do Instituto Nacional de Seguro Social da Nicarágua (INSS). - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Com os recentes protestos violentos que mataram dezenas de pessoas na Nicarágua, os Estados Unidos decidiram remover alguns diplomatas do país. A embaixada no país da América Central também suspendeu os procedimentos diários.

Parentes de diplomatas que trabalham na embaixada foram obrigados a deixar o país até que a situação melhore, de acordo com a agência de notícias Associated Press. Os casos estão sendo analisados individualmente.

Polícia reprime protesto na Nicarágua, abril de 2018. - Sputnik Brasil
EUA acusam Nicarágua de usar 'força excessiva' contra protestos
Os serviços ao público também foram suspensos e apenas casos emergenciais serão atendidos por telefone.

A Nicarágua enfrenta uma onda de convulsão social desde a aprovação de um novo sistema de contribuição previdenciária. Na noite de domingo, após severas críticas internacionais incluindo dos EUA, o presidente Daniel Ortega revogou as mudanças.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала